1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Brasil goleia Panamá no penúltimo teste antes do Mundial

Com belo gol de falta e assistência, Neymar comanda goleada brasileira no primeiro amistoso após início da preparação na Granja Comary. Em jogo fácil, Felipão aproveita para fazer série de experiências.

Depois de uma semana de treinamentos na Granja Comary, a seleção brasileira fez o seu primeiro amistoso preparatório – o penúltimo antes da Copa do Mundo. Diante de cerca de 32 mil pessoas no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, o Brasil derrotou nesta terça-feira (03/06) o Panamá por 4 a 0, em uma partida fácil, mas que deixou clara a dependência que o time tem de Neymar.

O técnico Luiz Felipe Scolari mandou a campo o que ele considera o time titular, levando em conta as ausências do capitão Thiago Silva e do volante Paulinho. Assim como o volante Fernandinho, os dois ficaram no Rio de Janeiro se recuperando de lesões. Dante e Ramires receberam a oportunidade de começar jogando. O capitão no confronto foi David Luiz.

Fußball Freundschaftsspiel Brasilien - Panama 03.06.2014

Fred teve uma grande chance e nada. A falta de participação do centroavante preocupa

Nos primeiros 20 minutos de jogo, o Panamá mostrava mais vontade em campo, e o Brasil se limitou a um ritmo tranquilo. O primeiro gol saiu aos 26, após Neymar sofrer falta na entrada da área. Ele mesmo cobrou com perfeição, no ângulo direito do goleiro panamenho, e comemorou o seu 31ᵒgol pela seleção brasileira. Com apenas 22 anos, o craque do Barcelona passou Ronaldo "Fenômeno" na artilharia com a camisa amarela no século XXI.

Neymar foi o destaque da seleção brasileira no primeiro tempo. Deu caneta e chapéu, cobrou escanteios e deu até uma entrada desleal em um adversário. Enquanto a defesa dava chutões, e o meio-campo criava muito pouco, Neymar era o único que colocava a bola no chão e ousava.

Faltando cinco minutos para o intervalo, Daniel Alves recebeu uma bola rebatida na entrada da área, limpou um zagueiro e acertou o canto do goleiro Óscar McFarlane. Foi o sétimo gol do lateral-direito com a camisa da Seleção.

Fußball Freundschaftsspiel Brasilien - Panama 03.06.2014

Hulk marca gol relâmpago no início do segundo tempo

Na segunda etapa, a seleção brasileira acelerou o ritmo e marcou o terceiro logo aos 45 segundos, com Hulk, que, após lindo passe de calcanhar de Neymar, apenas precisou tocar na saída do goleiro. Foi o nono gol de Hulk e a 21ᵃ assistência de Neymar pela Seleção. Na sequência, Fred perdeu gol incrível ao cabecear a bola por cima do travessão, dentro da pequena área.

Felipão mexeu bastante no time. Jô, Maxwell, Henrique, Willian, Maicon e Hernanes foram testados. Willian, que marcou o quarto gol, após nova jogada de Neymar e assistência de Maxwell, deu mais movimentação ao time e está se caracterizando como o 12ᵒjogador nesta equipe.

O Brasil teve ainda dois pênaltis não marcados. Em um dos lances, inclusive, o árbitro chegou a anotar a falta, expulsou o zagueiro panamenho, mas voltou atrás e marcou impedimento – inexistente.

Fußball Freundschaftsspiel Brasilien - Panama 03.06.2014

Fred divide a bola com o goleiro panamenho. Um dos raros momentos de presença do atacante

No geral, a partida traz mais fatores preocupantes do que esclarecedores. Fred e Oscar foram pouco participativos e não empolgaram o torcedor. As jogadas mais incisivas só saíram quando Neymar estava envolvido. E a bola aérea no meio da zaga parece ser um dos pontos fracos a serem trabalhados por Felipão.

A seleção brasileira volta nesta terça-feira para a Granja Comary, onde segue a preparação até o dia 5 de junho, quando viaja a São Paulo, local do amistoso contra a Sérvia, no dia seguinte. O Brasil estreia em 12 de junho na Copa contra a Croácia, em São Paulo. Depois enfrenta o México, em 17 de junho, em Fortaleza, e Camarões, no dia 23 em Brasília.

Ficha técnica

Brasil 4 x 0 Panamá

Local: Estádio Serra Dourada – Goiânia

Gols: Neymar (26'/1T), Daniel Alves (39'/1T), Hulk (1'/2P), Willian (27'/2T)

Cartões amarelos: David Luiz (11'/1T), Luis Tejada (24'/1T), Neymar (44'/1T), Armando Cooper (44'/1T), Gavilán Gómez (22'/2T)

Arbitragem: Raúl Orosco (Bolívia), auxiliado pelos compatriotas Efrain Castro e Javier Bustillos.

Brasil: Julio César; Daniel Alves (Maicon 1'/2T), David Luiz (Henrique 24'/2T), Dante e Marcelo (Maxwell 1'/2T); Luiz Gustavo, Ramires (Hernanes 1'/2T) e Oscar (Willian 17'/2T); Hulk, Neymar e Fred (Jô 15'/2T) . Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Panamá: Óscar McFarlane (José Calderón 11'/2T); Adolfo Machado, Román Torres (Harold Cummings 14'/2T), Felipe Baloy e Nahil Carroll (Carlos Rodríguez 21'/2T); Amílcar Henríquez e Gavilán Gómez; Armando Cooper (Jairo Jiménez 11'/2T), Alberto Quintero (Gabriel Torres 11'/2T) e Luis Tejada (Roberto Nurse 1'/2T); Nicolás Muñoz. Técnico: Hernan Darío Gomez.

Leia mais