1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Jogos Olímpicos

Brasil encerra participação em Londres com recorde de medalhas

Brasileiros conquistam 3 medalhas de ouro, 5 de prata e 9 de bronze. Enquanto futebol adia sonho de título inédito, ouro nas argolas e no judô feminino surpreendem. Festa de encerramento conta com participação do Rio.

A equipe olímpica brasileira deixa Londres com um saldo positivo na bagagem: 17 medalhas, o maior número já alcançado pelo Brasil. Foram três de ouro, cinco de prata e nove de bronze. O número superou a previsão do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), que esperava alcançar o mesmo resultado de Pequim, em 2008, quando foram conquistadas 15 medalhas.

Com este resultado, o Brasil encerrou sua participação na competição no 22º lugar no quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos. Os Estados Unidos foram os primeiros do ranking, com 46 medalhas douradas. A China terminou em segundo, com 38.

Os três ouros foram garantidos pela seleção feminina de vôlei, pela judoca Sarah Menezes e pelo ginasta Arthur Zanetti, nas argolas.

Os brasileiros também conquistaram cinco medalhas de prata: o pugilista Esquiva Falcão, as equipes masculinas de futebol e de vôlei de quadra, a dupla de vôlei de praia Alison e Emanuel, além do nadador Thiago Pereira.

As nove medalhas de bronze foram alcançadas por Adriana Araujo (boxe feminino), Yamaguchi Falcão (boxe masculino), Felipe Kitadai, Rafael Silva e Mayra Aguiar (judô), César Cielo (natação), Robert Scheidt e Bruno Prada (vela), Juliana e Larissa (vôlei de praia feminino) e Yane Marques (triatlo), a última medalha conquistada pelo Brasil no último dia de competições.

Zanetti comemora ouro inédito para o Brasil depois de bater o chinês favorito nas argolas

Zanetti comemora ouro inédito para o Brasil depois de bater o chinês favorito nas argolas

Surpresas e decepções

De todas as 17 medalhas, nenhuma teve um gosto tão amargo quanto a prata da equipe masculina de futebol. O Brasil levou alguns de seus melhores jogadores para Londres, como os atacantes Neymar e Leandro Damião e o meia Ganso. Mas a seleção deixou as olimpíadas sem o sonhado ouro, título que segue sendo inédito para o futebol brasileiro, após ser derrotado pelo México por 2 a 1 na final.

Também o vôlei de quadra masculino deixa Londres com o amargo gosto da derrota da última partida, disputada contra a Rússia. Vencendo por 2 sets a 0, os bicampeões olímpicos deixaram o ouro escapar e tiveram que se contentar com o segundo lugar.

Outra frustração foi a medalha de bronze de César Cielo, favorito nos 50m livres. O brasileiro não conseguiu repetir o resultado das Olimpíadas passadas e não subiu no lugar mais alto do pódio. Cielo ainda se mantém, no entanto, como recordista mundial e olímpico da prova.

Em compensação, o inesperado ouro do ginasta Arthur Zanetti foi uma das conquistas mais celebradas pelo Brasil nestas Olimpíadas. Ele desbancou o chinês Chen Yibing, tetracampeão mundial na prova das argolas.

Depois de mais de dez horas de competição, a pernambucana Yane Marques ganhou uma medalha inédita no pentatlo moderno. O esporte tradicional nas Olimpíadas, criado em 1912, é dividido em cinco modalidades: esgrima, natação, hipismo e combinado (alternância de corrida e tiro esportivo). E todas as disputas são realizadas no mesmo dia.

Marisa Monte, vestida de Iemanjá, interpretou Villa Lobos durante festa de encerramento em Londres

Marisa Monte, vestida de Iemanjá, interpretou Villa Lobos durante festa de encerramento em Londres

Próxima sede: Rio

O Brasil também teve participação na cerimônia de encerramento em Londres, na noite deste domingo. Sede dos próximos Jogos Olímpicos, a serem disputados em 2016, o Rio de Janeiro recebeu a bandeira com os anéis olímpicos pelas mãos do prefeito da cidade, Eduardo Paes. Artistas cariocas consagrados, como a cantora Marisa Monte e o cantor Seu Jorge, também participaram da festa. Breves demonstrações de índios, com cocares iluminados, e de capoeiristas deram uma amostra do que será exibido ao mundo daqui a quatro anos.

A passagem da sede olímpica da capital britânica para o Rio também foi marcada pela apresentação do gari Renato Sorriso, figura conhecida dos desfiles de carnaval, que mostrou um pouco do gingado e da alegria carioca. A festa brasileira contou ainda com a participação de atletas brasileiros e de Pelé e foi encerrada com a canção Aquele abraço, de Gilberto Gil.

MSB/abr/sid
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais