1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Brasil encanta no jogo contra a Grécia, escrevem jornais

Brasil encantou não só a torcida na vitória de 3 a 0 sobre a Grécia, na Copa das Confederações. Imprensa alemã e européia esbanja elogios para a equipe de Parreira.

default

Robinho liderou goleada brasileira, diz jornal espanhol

Às vésperas do jogo Brasil x Grécia, o técnico brasileiro Carlos Alberto Parreira deu um giro pelo centro de Leipzig e mostrou-se encantado com a beleza da cidade, onde muitos prédios ainda estão em reforma. "Que maravilha isso aqui vai ser, quando estiver pronto", comentou. Na noite desta quinta-feira (16/06), foi o time de Parreira que encantou os torcedores em Leipzig e os comentaristas esportivos, não só da Alemanha.

Bild-Zeitung

"Samba na frente, concreto atrás. Tu viste isso, Klinsi? [Jürgen Klinsmann, técnico da seleção alemã]" é a manchete do Bild-Zeitung, jornal de maior circulação na Alemanha, nesta sexta-feira (17/06). "A bola dança samba. E nós olhamos fascinados. Os brasileiros desencantam Otto Rehhagel e seus gregos com 3 a 0. Tomara que os meninos do Klinsi tenham prestado atenção nesse show de gala. O campeão mundial provocou um redemoinho na frente e manteve a retaguarda fechada. É assim que se ganha títulos. (...) É quase assustadora a soberania com que o Brasil desmontou o campeão europeu. Quem pode segurar essa potência do futebol?", pergunta o jornal.

2. Spieltag Confederations Cup 2005: Brasilien - Griechenland, 2. Tor für Brasilien erzielt durch Robinho

Adriano (e) e Ronaldinho (d) comemoram gol de Robinho(c)

Frankfurter Allgemeine Zeitung

"Artistas da bola do Brasil dominam o campeão europeu", escreve o jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung. "O Brasil deu uma lição nos heróis gregos da Eurocopa 2004 e lançou as bases para passar às semifinais da Copa das Confederações. 347 dias após a conquista do título em Portugal, a estratégia defensiva de Rehhagel só vingou no início do jogo em Leipzig. Depois, o campeão mundial ditou o ritmo do jogo, com clara superioridade. Mas Ronaldinho ficou aquém das expectativas, apareceu pouco. Além disso, nem todos o atores da seleção brasileira pareciam estar com a melhor condição física."

Süddeutsche Zeitung
"Brasil desencanta o campeão europeu", é a manchete do jornal sediado em Munique. "A seleção brasileira deixa até mesmo o sábio do futebol, Otto Rehhagel, perplexo e demonstra sua classe com o 3 a 0 sobre os gregos. O pentacampeão mundial não precisou nem se esforçar para vencer a Grécia, campeã da Eurocopa 2004. O favorito do torneio dominou a partida como quis e igualou em pontos com o México na liderança do grupo B."

2. Spieltag Confederations Cup 2005: Brasilien - Griechenland, Trainer der griechischen Mannschaft Rehagel

Otto Rehhagel coach of the Greek team throws his water bottle to the ground in anger after Brazil scored their 3rd goal during the Confederations Cup Group B soccer match between Brazil and Greece in Leipzig, Germany Thursday June 16, 2005. Brazil won the match 3-0. (AP Photo/Armando Franca)

Netzeitung.de

O Netzeitung.de, uma espécie de metajornal da mídia alemã online, abriu a edição desta sexta-feira (17/06) com a manchete "Brasileiros destroem sonhos de Rehhagel". "Uma demonstração de futebol com arte calou o técnico Otto Rehhagel, da Grécia. A derrota de 3 a 0 para o campeão mundial deve ter aberto os olhos do campeão europeu de 2004. A tática usada por Rehhagel na Eurocopa – fechar atrás e marcar um gol de falta – não funcionou contra os pentacampões mundiais. Os gregos, tendencialmente batalhadores, pareciam um time de várzea que, graças a um patrocinador, teve a chance de jogar contra um time da Bundesliga", comparou o site. "Se não melhorar seu desempenho, a participação da Grécia na Copa 2006 pode não passar de um sonho", emendou.

2. Spieltag Confederations Cup 2005: Brasilien - Griechenland

Festa brasileira em Leipzig

Der Spiegel

Segundo a versão online do semanário de maior prestígio na Alemanha, "o time de Rehhagel foi despojado pelo Brasil, que confirmou seu papel de favorito na Copa das Confederações. O campeão mundial não deu chance para o campeão europeu. Parreira pôde até se dar o luxo de substituir algumas de suas estrelas".

Kölner Stadt-Anzeiger

"A Grécia, campeã européia, estava perdida em campo, na derrota de 3 a 0 para o Brasil em Lepzig", comenta o jornal de Colônia. "Pouco a pouco, o Brasil tirou a tampa da caixa de truques e a defesa grega – setor mais forte da equipe – começou a boiar. O Brasil sentiu-se seguro e despreocupado. Os gregos entregaram-se à derrota e, por sorte, os brasileiros, várias vezes erraram o passe decisivo".

Marca

O Marca, da Espanha, afirma que "Robinho liderou a goleada brasileira sobre a Grécia. A seleção brasileira, presa à qualidade de suas estrelas, começou a Copa das Confederações com uma goleada sobre um campeão europeu em baixa, que apenas inquietou o campeão do mundo. No confronto de duas visões do futebol, da que considera que o importante é marcar gols contra a que prioriza impedi-los, saiu vencedora a idéia brasileira, a mesma que levou o Brasil ao pentacampeonato mundial", escreve o jornal espanhol.

Leia mais