Brasil derrota a Noruega e está nas quartas de final da Copa feminina | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 03.07.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Brasil derrota a Noruega e está nas quartas de final da Copa feminina

Com dois gols de Marta e um de Rosana, seleção feminina do Brasil derrota as norueguesas por 3 a 0 e garante uma das vagas do grupo D.

Marta disputa bola com Guro Knutsen: brasileira foi destaque da partida

Marta disputa bola com Guro Knutsen: a brasileira foi o grande destaque da partida

O Brasil derrotou a Noruega por 3 a 0 no seu segundo jogo na Copa do Mundo de 2011 e garantiu classificação antecipada para as quartas de final do torneio. A partida foi disputada neste domingo (03/07) em Wolfsburg, na Alemanha, com estádio lotado (26 mil pessoas).

A atacante brasileira Marta foi o destaque do jogo. Ela marcou dois gols e fez a jogada que resultou no gol de Rosana. Marta foi ainda responsável por outras boas jogadas do ataque brasileiro. Inicialmente vaiada pela torcida por causa da polêmica jogada do primeiro gol, a atacante brasileira passou a ser aplaudida no segundo tempo.

Com o resultado, a seleção brasileira soma seis pontos e lidera o grupo D. A Noruega é a terceira colocada, com três pontos. A Austrália, que na primeira partida do dia derrotou a Guiné Equatorial por 3 a 2, é a segunda colocada, também com três pontos, mas com melhor saldo de gol do que as norueguesas. As guineenses ainda não somaram pontos e estão eliminadas.

Austrália e Noruega vão definir quem fica com a outra vaga do grupo no próximo dia 6, em Leverkusen. No mesmo dia, o Brasil joga com a Guiné Equatorial em Frankfurt.

Marta dribla a zaga norueguesa e marca o primeiro gol da partida

Marta dribla a zaga norueguesa e marca o primeiro gol da partida

O jogo

Brasil e Noruega começaram a partida com cuidado e demoraram para criar reais chances de gol.

Aos 16min, Fabiana se machucou num lance com Berge e deixou o campo na maca. Logo em seguida aconteceu a primeira boa oportunidade da Noruega: Giske chutou na entrada da área e Andreia, bem colocada, fez a defesa.

Aos 19min, Daiane recebeu o primeiro cartão amarelo da seleção no torneio, depois de entrada brusca numa jogadora norueguesa.

Fabiana, que aparentava ter se lesionado gravemente, retornou ao campo logo em seguida.

O primeiro gol brasileiro aconteceu aos 21min, num lance polêmico. Marta recebeu um cruzamento de longa distância e, na disputa de bola com Holstad Bergen, empurrou a jogadora norueguesa. A juíza não marcou a falta e, na sequência da jogada, Marta invadiu a área, driblou mais uma jogadora com pedaladas e chutou sem chances de defesa para a goleira.

O Brasil teve outra boa chance aos 35min, com Rosana, que invadiu a área, driblou uma zagueira e chutou na rede, pelo lado de fora. A juíza, porém, marcou falta da brasileira.

Rosana teve mais uma oportunidade aos 41min, num chute de longa distância que a goleira norueguesa defendeu para escanteio.

Apesar de algumas ações das norueguesas no ataque, o Brasil teve um claro domínio de jogo na primeira etapa.

Rosana, Cristiane, Marta, Maurine e Formiga celebram o segundo gol brasileiro

Rosana, Cristiane, Marta, Maurine e Formiga celebram o segundo gol brasileiro

No segundo tempo, o Brasil começou fulminante. A 1min de jogo, Marta conduziu a bola do meio do campo até a área adversária e tocou para Rosana marcar o segundo gol. Apenas dois minutos depois, Cristiane recuperou a bola num erro da zaga e chutou contra uma jogadora norueguesa. O rebote sobrou para Marta. Ela driblou uma defensora e ampliou para 3 a 0.

Com o placar, as norueguesas recuaram, também porque perceberam que o Brasil se tornava perigoso nos contra-ataques.

O jogo prosseguiu sem claras chances de gol até os 22min, quando Marta ganhou de uma adversária na corrida e invadiu a área pela direita. Ela demorou para concluir e acabou sendo bloqueada pela defesa norueguesa já dentro da pequena área.

A melhor oportunidade de gol da Noruega aconteceu aos 36min do segundo tempo. Pedersen cabeceou para a pequena área e Giske chutou por cima do gol.

Autor: Alexandre Schossler

Leia mais