1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Brasil ataca protecionismo da UE na importação de aço

O Brasil, maior produtor de aço da América Latina, entrou, nesta segunda-feira (15), com um pedido de consultação junto à União Européia sobre as recentes taxas de importação do aço fixadas pelo bloco econômico. Este foi o caminho escolhido pelo governo brasileiro para obter mais informações sobre o procedimento da UE, sem recorrer a uma reclamação oficial junto à Organização Mundial do Comércio (OMC).

"O Brasil apontará à delegação européia as razões pelas quais as medidas protecionistas adotadas não parecem ser compatíveis com os compromissos internacionais da União Européia no quadro jurídico multilateral", informou o governo brasileiro.

Em reação às medidas protecionistas baixadas pelos Estados Unidos para proteger sua indústria siderúrgica, a UE aumentou suas taxas de importação para determinados tipo de aço de 14,9% para 26%. O Brasil é atingido pelo protecionismo tanto dos EUA quanto da UE.

Leia mais