1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Borussia Dortmund conquista a Supercopa da Alemanha

Em partida repleta de reservas, Dortmund repete início da última temporada, derrota o Bayern de Munique e levanta primeira taça. Defensor dos bávaros, Javier Martínez deixa gramado com suspeita de lesão no joelho.

default

Pierre-Emerick Aubameyang, que marcou o segundo gol, comemorou vestindo uma máscara de Homem-Aranha

Em partida recheada de reservas, o Borussia Dortmund conquistou nesta quarta-feira (13/08) a Supercopa da Alemanha, ao derrotar o Bayern de Munique por 2 a 0, no Signal-Iduna-Park, em Dortmund. Os gols da decisão foram marcados pelo armênio Henrik Mkhitaryan, no primeiro tempo, e o gabonense Pierre-Emerick Aubameyang, na segunda etapa.

Nem três meses depois de sua transferência para o Bayern de Munique, Robert Lewandowski voltou ao estádio onde atuou por quatro anos. Mas o atacante polonês, que foi levemente vaiado durante o aquecimento, não reencontrou vários de seus ex-colegas.

Seu conterrâneo Jakub "Kuba" Blaszczykowski (dores musculares), o zagueiro Neven Subotic (gripe), o meia Nuri Sahin (tendinite), além de Marco Reus, Sven Bender e Iklay Gündogan, ainda em tratamento fisioterápico, não estiveram em campo.

Supercup 2014 Borussia Dortmund - FC Bayern München

Javier Martínez se lesionou no primeiro tempo e há suspeita de ruptura do ligamento cruzado do joelho

Do lado bávaro, Franck Ribéry (dores no tendão patelar), o brasileiro Rafinha (contusão no ligamento externo do tornozelo), e os ainda sem condições físicas Bastian Schweinsteiger, Thiago e Arjen Robben foram os desfalques.

Os tantos desfalques, aliados a algumas estreias – Robert Lewandowski, Sebastian Rode e Juan Bernat pelo Bayern, além de Ciro Immobile e Adrián Ramos, pelo Dortmund – não prejudicaram a qualidade da partida.

O treinador Pep Guardiola testou uma nova formação tática no Bayern, com uma linha de três defensores, com Javier Martínez como zagueiro central. A ideia não funcionou. O Bayern não dominou a posse de bola e sofreu com os rápidos ataques do Dortmund, puxados principalmente por Aubameyang, Jonas Hofmann e Henrik Mkhitaryan.

Em uma dessas investidas, o meia armênio pegou a sobra de uma jogada individual de Aubameyang e emendou, de primeira, para as redes. Manuel Neuer, que teve bastante trabalho na partida, nada pôde fazer.

A nota triste do primeiro tempo ficou pela contusão de Javier Martínez, que, ao tentar o arremate após uma cobrança de escanteio, acertou o braço de Marcel Schmelzer e teve que ser substituído. A suspeita é de ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo.

Supercup 2014 Borussia Dortmund - FC Bayern München

Sem chances para Manuel Neuer: Henrik Mkhitaryan acertou na veia para abrir o marcador

O panorama dominante do Borussia Dortmund se manteve na segunda etapa. E depois de uma tabela com o lateral Piszczek, Aubameyang selou a vitória já aos 17 minutos. Isso porque o Bayern não conseguiu reagir, mesmo colocando Philipp Lahm e Mario Götze em campo. Lewandowski ficou isolado no comando de ataque, e os alas bávaros não encontraram espaços.

O Borussia Dortmund repete assim o início da temporada passada, quando, também em Dortmund, venceu a Supercopa contra o mesmo Bayern de Munique. A Supercopa é a partida inaugural da temporada do futebol alemão e coloca frente a frente os atuais campeões da Bundesliga e da Copa da Alemanha.

Ficha técnica

Borussia Dortmund 2 x 0 Bayern de Munique

Local: Signal-Iduna-Park, Dortmund

Arbitragem: Peter Gagelmann (Alemanha) auxiliado por seus compatriotas Sven Jablonski e Thomas Gorniak.

Gols: Henrik Mkhitaryan (23'/1T), Pierre-Emerick Aubameyang (16'/2T)

Cartões amarelos: Pierre-Emil Höjbjerg (45'/1T), Jérôme Boateng (28'/2T), Philipp Lahm (37'/2T)

Borussia Dortmund: Mitchell Langerak; Lukasz Piszczek, Sokratis Papastathopoulos, Matthias Ginter, Marcel Schmelzer (Eric Durm 1'/2T); Sebastian Kehl, Oliver Kirch (Sven Bender 39'/2T), Henrik Mkhitaryan, Jonas Hofmann; Pierre-Emerick Aubameyang (Adrián Ramos 17'/2T) e Ciro Immobile. Técnico: Jürgen Klopp.

Bayern de Munique: Manuel Neuer; Jérôme Boateng, Javier Martínez (Dante 30'/1T), Pierre-Emil Höjbjerg (Mario Götze 14'/2T); Gianluca Gaudino, Sebastian Rode, Juan Bernat, David Alaba; Thomas Müller (Philipp Lahm 1'/2T), Xherdan Shaqiri e Robert Lewandowski. Técnico: Pep Guardiola.

Leia mais