Borussia Dortmund completa 100 anos de altos e baixos | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 20.12.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Borussia Dortmund completa 100 anos de altos e baixos

Há um século era criado o Borussia Dortmund, onde hoje atuam os brasileirtos Dedê, Tinga e Felipe Santana. Tradicional clube tem trajetória marcada por títulos e profundas crises financeiras.

default

O Ballspielverein Borussia 09 Dortmund, ou Borussia Dortmund, ou mesmo BVB, como é mais conhecido na Alemanha, surgiu exatamente no último domingo antes do Natal de 1909, no dia 19 de dezembro.

Ele foi criado por 18 jovens do norte de Dortmund apaixonados por futebol que se rebelaram contra o capelão de uma paróquia católica. Este criticava energicamente tanto a "brutalidade" e "selvageria em campo" como o ambiente social em torno do esporte, por isso tentou impedir a prática do futebol em sua paróquia.

O êxito nas categorias inferiores impulsionou o clube à Primeira Divisão da Bundesliga, na qual foi campeão alemão nas temporadas de 1956, 1957 e 1963. Em 1965, o Dortmund conquistou a Copa da Alemanha e no ano seguinte tornou-se o primeiro clube alemão a ganhar a Taça das Taças (competição conhecida no Brasil como Recopa Europeia), após derrotar o Liverpool por 2 a 1.

Problemas financeiros

Fußball Bundesliga Finanzkrise Borussia Dortmund Fans

'Mesmo que você caia, estaremos com você' promete a torcida

Seis anos após a conquista da taça europeia, em 1972 o Dortmund foi rebaixado da Primeira Divisão e estava à beira da falência. "Foi o início da era do lucro", diz Helmut Bracht, ex-jogador e ex-treinador do clube. "Aí notamos que nosso estádio era pequeno demais para pagar o salário do mercado aos nossos jogadores", acrescenta.

Por sorte, a cidade de Dortmund foi escolhida para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 1974, o que possibilitou a construção de um novo estádio, o Westfalenstadion. Quatro anos após o rebaixamento, a equipe retornou à Primeira Divisão e em 1982 chegou inclusive a disputar a Recopa Europeia. A conquista da Copa da Alemanha, em 1989, encerraria o período de 23 anos sem títulos.

Êxitos nos anos 1990

No início dos anos 1990, foram contratados o diretor Michael Meier e o técnico Ottmar Hitzfeld, até então ainda desconhecido na Alemanha. Ambos marcariam a trajetória do clube de forma decisiva.

Diversos jogadores da seleção alemã, como Matthias Sammer, Stefan Reuter, Karl-Heinz Riedle, Andreas Möller e mais tarde Jürgen Kohler, foram buscados de clubes italianos para atuar no BVB. Essa equipe de estrelas assegurou ao clube o campeonato alemão de 1995.

Liga dos Campeões, título mundial e crise financeira

Os anos seguintes foram de conquistas: em 1996 o bicampeonato alemão, e em 1997 a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes (com a vitória por 2 a 0 diante do Cruzeiro de Belo Horizonte em Tóquio). A estes seguir-se-ia o campeonato alemão de 2002.

Fußball-WM 2006 Dortmunder Westfalenstadion Stadion Fußball

Estádio do Dortmund abrigou jogos na Copa 2006

Só que, como 35 anos antes, o clube entraria em nova crise. Nem seu lançamento como primeiro clube alemão na bolsa de valores, em 2000, ajudou. Jogadores caros e maus resultados em campo causaram um buraco no caixa de 120 milhões de euros. Em 2004, o Borussia Dortmund estava novamente à beira da ruína.

O salvamento só aconteceu com muito esforço. O presidente Gerd Niebaum e o diretor esportivo Michael Maier foram substituídos em seus postos por Hans-Joachim Watzke e Reinhard Rauball.

Em campo, economizou-se com o emprego de jogadores das categorias de base. Os resultados levaram a equipe a migrar entre o 6º e o 13º lugar na tabela do campeonato alemão. Por três vezes, os técnicos foram substituídos antes de cumprirem seus contratos.

Dede in Action Borusia Dortmund

Dedê, destaque da equipe

Brasileiros no Dortmund

O Borussia Dortmund também é um tradicional clube de brasileiros. Se Ewerthon, Amoroso e Evanilson foram os destaques verde-amarelos do clube aurinegro em anos anteriores. Hoje as estrelas são Tinga, Felipe Santana e o carismático Dedê, no clube desde 1998.

Autor: Andreas Ziemons (rw)
Revisão: Augusto Valente

Leia mais

Links externos