1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Boneca e trem elétrico em Nurembergue

A Feira de Brinquedos de Nurembergue começou nesta quinta-feira (30) com poucas sensações e destaque para artigos tradicionais. Maior exposição mundial do gênero, ela conta com mais de 2.700 expositores de 50 países.

default

Bichos de pelúcia: brinquedos tradicionais são o destaque na feira deste ano

A exportação de brinquedos alemães é cada vez maior, segundo os dados divulgados pelo Departamento Federal de Estatísticas na inauguração da feira de Nurembergue. Somente nos meses de janeiro a outubro de 2002, o setor vendeu artigos no valor de 1,5 bilhão de euros no exterior. Isto significou um aumento de 39% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os principais mercados para os brinquedos alemães são os países da União Européia, seguidos dos Estados Unidos e da Suíça.

Para a Alemanha, os principais brinquedos de exportação são trens elétricos, quebra-cabeças e bonecas. Já as grandes novidades eletrônicas são, em geral, importadas dos países asiáticos. As importações alemãs nos dez primeiros meses do ano passado atingiram um total de 2,1 bilhões de euros – 9,5% a mais do que no ano anterior. Um terço dos brinquedos importados vieram da China, seguida pelo Japão, com 21% do total.

Chanceler dançante

Embora a maior parte dos expositores alemães concentrem a sua oferta em produtos tradicionais, como as bonecas e os quebra-cabeças, não faltam novidades e artigos curiosos que visam despertar o interesse não apenas das crianças. Um exemplo disto é um boneco dançante com as feições do chanceler federal alemão Gerhard Schröder.

Segundo Ernst Kick, chefe da Feira de Brinquedos de Nurembergue, o mercado alemão do ramo tem um volume de negócios da ordem de 3,2 bilhões de euros. As tendências e interesses mudam com rapidez, sobretudo entre os adolescentes, afirma Kick. Isto faz com que os produtos tenham um ciclo bastante curto de vida comercial.

Este ano, o interesse se volta de forma marcante para os brinquedos clássicos – bonecas, bichos de pelúcia, artigos de madeira e também os jogos de tabuleiro. Além disto, o gênero fantasy já domina também o setor dos brinquedos, partindo da literatura infanto-juvenil e do cinema: dragões, orcos, magos e demônios são oferecidos em todas as formas e cores. Na sua maior parte, são artigos produzidos sob licença dos produtores de séries cinematográficas como O Senhor dos Anéis ou Harry Potter.

Brinquedos tecnológicos

Durante a feira será realizado também um fórum de debates para analisar os efeitos dos brinquedos de alta tecnologia sobre o desenvolvimento mental das crianças. O simpósio foi organizado pela revista Familie & Co., de Hamburgo, especializada em assuntos familiares e de educação.

Segundo uma pesquisa feita pela revista, mais da metade (52,4%) dos pais alemães consideram os brinquedos eletrônicos prejudiciais ao desenvolvimento de seus filhos. E apenas 44,3% não vêem nenhuma influência negativa neles. Os debates contarão com a participação de psicólogos e pedagogos de renome, assim como de representantes de diversas fábricas de brinquedos.

Leia mais

Links externos