1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Boca de urna indica segundo turno na Argentina

Pesquisa mostra governista Daniel Scioli na liderança. Votos, porém, não devem garantir vitória em primeiro turno. Segundo colocado é candidato da oposição Mauricio Macri, atual governador de Buenos Aires.

Argentinien Präsidentschaftswahl Mauricio Macri

Candidato da oposição, Mauricio Macri (foto), vai disputar o segundo turno com o candidato do governo, Daniel Scioli

Após o encerramento da votação, as pesquisas de boca de urna indicam neste domingo (25/10) a liderança do candidato do governo Daniel Scioli à Presidência da Argentina, afirmaram quatro emissoras de televisão. Os votos, porém, não devem ser suficientes para garantir a vitória em primeiro turno.

Devido a uma proibição na legislação, as emissoras não podem divulgar os números da pesquisa, mas garantiram que Daniel Scioli é o líder de votos e deve disputar o segundo turno com o candidato da oposição Mauricio Macri, atual governador do distrito federal de Buenos Aires. Em terceiro lugar está o deputado Sergio Massa.

Ainda segundo a boca de urnas, nenhum dos três candidatos favoritos conseguiu obter os 45 % dos votos ou 40 % com dez pontos de vantagem sobre o segundo mais votado, necessários para ganhar a eleição já no primeiro turno.

Durante a campanha eleitoral, Scioli prometeu manter os subsídios contra pobreza e um alto nível de emprego, mas também defendeu mudanças graduais no modelo econômico de forte intervenção estatal, que vem se deteriorando.

Tanto Macri, quanto Massa prometeram diminuir os impostos e acabar com restrições a mercados, especialmente a cambiária, e de comércio exterior.

Se os resultados das sondagens forem confirmados, essa será a primeira vez, desde o fim da ditadura, em 1983, que eleições presidenciais na Argentina terão um segundo turno. A votação está marcada para o dia 22 de novembro.

CN/efe/lusa

Leia mais