1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Boas notas para praias alemãs

Os europeus não precisam ter medo ao banhar-se nas praias e lagos neste verão. Boletim de balneabilidade da União Européia atestou boas condições às águas na Alemanha.

default

Ginástica na praia alemã de Wangerooge

Com a proximidade das férias e em pleno verão europeu, os banhistas ao menos não têm que se preocupar com a qualidade das águas. O relatório de 2003 sobre a qualidade de rios, lagos e praias da Europa elaborado pela União Européia atesta que em 97% deles a qualidade é boa. Foram extraídas análises em 13 mil balneários da costa européia. Nos lagos da União Européia, foram analisadas mais de cinco mil provas, sendo que 91% foram consideradas de boa qualidade.

Apesar do balanço positivo, durante a apresentação do relatório, a comissária européia de Meio Ambiente destacou que a população deve manter-se atenta. Margot Wallström disse que sobretudo crianças pequenas são suscetíveis a infecções intestinais e doenças das vias respiratórias se tomarem banho em águas poluídas ou contaminadas.

Os balneários alemães registraram uma leve queda na qualidade de suas águas, o que se deveu ao excesso de chuva em meados do ano passado. As condições de 97% das praias no norte e leste do país foram consideradas boas em 2003. No ano anterior, a porcentagem de praias limpas havia sido de 99% na Alemanha.

Águas limpas na Alemanha

Em relação aos lagos alemães, 93% apresentam os critérios de qualidade exigidos pela União Européia, 1% a menos que em 2002. As Ilhas Baleares, destino preferido dos turistas alemães no verão, tiveram suas condições consideradas excelentes. Também outros balneários espanhóis do Mediterrâneo e do Atlântico receberam boas notas.

O maior nível de limpeza foi detectado nas praias da Grécia, onde os turistas encontraram águas limpas e cristalinas em toda a suas costa. O mesmo se repetiu na Itália, onde foram medidos valores constantes de água limpa. A França é o único país do sul da Europa criticado pela comissão. Embora a qualidade das águas tenha melhorado em relação a 2002, as condições de balneabilidade continuam muito abaixo dos níveis alcançados pelos seus vizinhos.

A Holanda é o país com os balneários de melhor qualidade na União Européia, enquanto na Bélgica apenas a praia de Knokke recebeu as melhores notas. Satisfatórias foram consideradas também as condições na Dinamarca, Grã-Bretanha, Irlanda, Suécia e Finlândia.

Leia mais

Links externos