1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Blogueiro é assassinado em Bangladesh

Ananta Bijoy Das é a terceira vítima de radicais islamistas no país em três meses. Ele vinha sendo ameaçado de morte por grupos que atacam pensadores liberais defensores do ateísmo.

O blogueiro Ananta Bijoy Das foi morto a golpes de facão por um grupo de homens mascarados na cidade de Sylhet, no norte de Bangladesh, nesta terça-feira (12/05).

A morte foi confirmada por Faid Ahmed, editor do site de origem canadense Mukto Mona, que publicava os textos de Das. Um amigo do blogueiro, que tinha 33 anos, contou a jornalistas que ele vinha recebendo ameaças de extremistas nos últimos meses. "Ele estava na lista de alvos deles", disse.

O assassinato de Ananta Bijoy ocorre uma semana após os islamistas da organização Al Qaeda no Subcontinente Indiano (AQIS) reivindicarem responsabilidade pela morte, em fevereiro, do blogueiro

Avijit Roy

. De nacionalidade americana e bengali, ele também escrevia para o Mukto Mona.

Roy era bastante conhecido por seus textos sobre filosofia e temas relacionados aos direitos humanos. Ele praticava o ateísmo e atuava como crítico do governo. Os islamistas o acusavam de ter ligações com o grupo Hefazat-e-Islam, que, segundo afirmam, insulta o profeta Maomé e difama o islã. Roy havia recebido inúmeras ameaças de morte antes de seu assassinato.

Gangues de homens armados de machetes, possivelmente pertencentes à AQIS, já haviam reivindicado, em março, o assassinato de outro blogueiro de Bangladesh, Washiqr Rahman, que também defendia o ateísmo.

O Mukto Mona – nome que significa "mente livre" no idioma bengali – publica blogs, comentários e relatos baseados na lógica e na ciência, que buscam desmentir práticas religiosas conservadoras.

Bangladesh, um país de maioria muçulmana, é oficialmente um Estado laico. Ainda assim, nos últimos anos, cada vez mais grupos de direita aterrorizam pensadores liberais.

RC/afp/rtr

Leia mais