1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Blatter apresenta recurso contra suspensão da Fifa

Advogados solicitam novas audiências e reclamam que Blatter não foi ouvido adequadamente. Assessor afirma que dirigente suíço espera estar de volta em dez dias.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, recorreu da decisão do comitê de ética da federação, que o suspendeu por 90 dias do futebol, afirmaram advogados do dirigente suíço nesta sexta-feira (09/10). O recurso foi encaminhado ao comitê de apelação da Fifa.

Os advogados solicitaram novas audiências com o comitê de ética. Segundo o jornal The New York Times, o dirigente reclamou que não foi ouvido adequadamente e que ficou sabendo de sua suspensão pela imprensa. O comitê de ética, porém, afirmou que Blatter foi ouvido em 1º de outubro e que todos os direitos dele foram respeitados.

Um assessor de Blatter, Klaus Stöhlker, declarou à agência de notícias AP que o suíço espera estar de volta em dez dias. "Ele não se sente fora do jogo. Isso tudo é um grande mal-entendido."

Também nesta sexta, a Fifa anunciou a realização de um encontro extraordinário do seu comitê executivo em Zurique, no próximo dia 20 de outubro. Pessoas ligadas à federação disseram que o encontro poderá debater o adiamento da eleição do sucessor de Blatter, marcada para 26 de fevereiro.

O adiamento beneficiaria o presidente da Uefa, Michel Platini, principal candidato a suceder Blatter e que também foi suspenso por 90 dias pelo comitê de ética.

Blatter e Platini foram suspensos por causa de investigações criminais envolvendo os dois na Suíça. Blatter é suspeito de malversão de recursos e Platini, de receber um pagamento de 2 milhões de francos suíços que teria prejudicado a Fifa.

O francês declarou que é inocente e que também vai apelar da decisão do comitê de ética.

AS/afp/ap/dpa/rtr

Leia mais