1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Berlim ganha cemitério só para lésbicas

Segundo fundação responsável, muitas mulheres gostariam de ser enterradas perto de suas namoradas e amigas, reforçando os laços com uma comunidade mesmo após a morte.

Neste domingo (06/04) será aberto em Berlim o primeiro cemitério da Alemanha só para lésbicas. Uma área de cerca de 400 metros quadrados no cemitério luterano Georgen Parochial, no bairro de Prenzlauer Berg, oferecerá 80 sepulturas, confirmaram a Igreja Evangélica e a fundação Sappho, dedicada a prestar assistência a mulheres homossexuais.

Segundo Astrid Osterland, da Sappho, muitas lésbicas vivem sozinhas, mas gostariam de ser enterradas perto de suas namoradas e amigas. Um cemitério somente para mulheres homossexuais deixa claro, mesmo depois da morte, as escolhas feitas em relação a amigos e familiares, afirma.

A porta-voz da Igreja Evangélica do bairro Mitte, Christiane Bertelsmann, afirma que a medida não é excludente. Segundo ela, os jazigos para mulheres homossexuais podem ser comparados às sepulturas de uma família. A diferença é que o cemitério para lésbicas honra os laços da pessoa morta com uma comunidade.

A área do futuro cemitério foi cedida à fundação Sappho pelo período de 30 anos, em troca da manutenção do local. Segundo a Igreja Evangélica, a cessão da área faz parte do esforço de manutenção e recuperação do cemitério.

RCC/epd/ap