1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Berlim é a capital dos "strandbars"

Jobim costumava reclamar de que o problema de São Paulo é que as pessoas "andam, andam e nunca chega Ipanema". Na Alemanha, isso foi solucionado: "strandbars" reproduzem o clima da praia, com caipirinha e pés descalços.

default

Bundespressestrand: o bar dos políticos e das celebridades

Palmeiras, areia, espreguiçadeiras... A paisagem é de praia, mas na falta do mar, improvisa-se com o rio. Em vez de corpos malhados, expostos em biquínis e sungas, comtemplam-se homens de gravata afrouxada, calça social e pés na areia. Os strandbars (bares da praia, em português) alemães trazem um pouco da atmosfera de férias para as cidades onde a vida corrida deixa pouco tempo para desfrutar o sol, muito tímido na maior parte do ano.

Um passeio de barco pelo Rio Spree, em Berlim, comprova o sucesso que este tipo de estabelecimento conquistou. São dezenas de strandbars, que além de oferecerem drinks e coquetéis, disponibilizam internet wireless para os clientes que não conseguem se desligar do trabalho nem nas horas de lazer.

No quarteirão do Poder, próximo ao edifício do Reichstag, há o Bundespressestrand, cujo público é constituído predominantemente por gente da política, da economia, da moda e da mídia. Duas piscinas suprem a falta de água por perto e, apesar da falta da brisa, na última temporada o bar recebeu 300 mil visitantes.

Bundespressestrand 2005

A área coberta dos strandbars previne possíveis chuvas

Capital dos strandbars

Berlim é a capital dos strandbars. Os estabelecimentos berlinenses deste tipo oferecem desde quadras de vôlei de praia a palcos para shows de música ao vivo.

As expectativas para este verão são muitas, e vários estabelecimentos fizeram reformas e reestruturações durante o inverno para melhor proporcionar aos seus clientes um ambiente onde eles possam se desligar das preocupações do dia-a-dia e desfrutar do contato com a "natureza".

Roteiro

Bundespressestrand 2005

Na falta do mar, piscina

O jornal Welt am Sonntag propôs um roteiro pelos strandbars mais importantes de Berlim. A viagem precisa ser feita com o w asser-taxi ("táxi aquático"), um pequeno barco que transporta pessoas pelo curso do Rio Spree.

O guia começa no Bundespressestrand, mais importante criador de tendências no ramo, em frente à nova estação central (Lehrter Bahnhof) e ao edifício da Chancelaria Federal. Cerca de 600 tonéis de areia se espalham pelos 300 metros quadrados do bar.

A segunda parada é no Strandbar Mitte, no Monbijoupark, próximo à Ilha dos Museus. Aberto no verão de 2002, o bar é conhecido por ter as garçonetes mais bonitas e as melhores caipirinhas. A combinação de palmeiras e areia com a paisagem clássica das colunas gregas do Bodemuseum é, mais do que interessante, bastante exótica.

Atrás da eclusa, depois da ponte de Mühlendamm, no porto histórico, está localizado o King Kameamea – rebatizado de Kiki würfelt. No atracadouro subterrâneo deve ser construído um James Bond Bar, onde os martinis serão mantidos gelados. O bar tem a atmosfera obscura de um navio pirata. Próxima e última parada é o Oststrand, o bar mais colorido, com suas palmeiras e as costas do muro do East Side Gallery. Com 10 mil metros quadrados, é o maior strandbar de Berlim.

Leia mais