1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

BC Europeu preocupado com alta do petróleo

Correspondendo às expectativas dos analistas, o Banco Central Europeu (BCE) não alterou as taxas de juros, na reunião de seu conselho, nesta quinta-feira (04), em Frankfurt. A taxa de refinanciamento, a principal, continua sendo de 3,25%. A última vez em que o BCE diminuiu os juros foi em novembro do ano passado. A redução das taxas foi de 0,5 ponto percentual.

A política monetária na zona do euro seria adequada para manter a estabilidade dos preços a médio prazo, disse o presidente do banco, Wim Duisenberg. Ele parte do princípio de uma retomada do crescimento econômico no correr do ano.

Duisenberg considerou "significativa" a alta dos preços do petróleo nos últimos dias. Caso a tendência prossiga, representará um risco para a inflação e o crescimento econômico. Atualmente, a taxa de inflação está mais elevada do que o previsto, o que ele atribuiu a efeitos temporários.

As primeiras estimativas apontam uma taxa anual de 2,5% em março, para o que contribuiu a alta do petróleo. Não obstante, o presidente do Banco Central Europeu confirmou a previsão de que a inflação cairá para uma média inferior a 2% este ano.