1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

BC alemão prevê recuperação da conjuntura

A economia alemã recuou no quarto trimestre de 2001, conforme as previsões, mas a conjuntura deverá recuperar-se ao longo de 2002.

default

Sede do Banco Central alemão, em Frankfurt

O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 0,25% no quarto trimestre, em comparação ao trimestre anterior. Esta foi a sua segunda queda consecutiva, o que caracteriza uma fase de recessão.

Segundo dados de janeiro do Departamento Federal de Estatísticas, o PIB alemão cresceu 0,6% no ano passado (3,0% em 2000) e o Banco Central prevê índice semelhante de crescimento em 2002.

Condições favoráveis – As principais condições para a recuperação da economia já existem, aponta o relatório do Banco Central. A estabilização econômica ocorrerá tanto na Alemanha, quando na zona do euro e na economia mundial. Os fatores de aquecimento irão se consolidar a partir de meados do primeiro semestre, na opinião dos analistas. Além disso, os fatores de recuperação cíclica se consolidaram nos últimos meses: estabilidade do preço do petróleo, liqüidação de estoques e juros baixos.

Apesar do otimismo, o Banco Central alerta para os riscos e pontos fracos que persistem na economia mundial. A Argentina e o Japão foram qualificados de "países problemas".

Comércio exterior e inflação - No último trimestre do ano passado, o comércio exterior alemão sofreu os efeitos do desaquecimento da economia mundial. Tanto as exportações quanto as importações caíram, mas o fundo do poço já foi atingido, estima o Banco Central.

A inflação de janeiro foi de 2,1% na Alemanha e 2,5% na zona do euro. A circulação do euro, a partir de 1º de janeiro de 2001, não exerceu nenhuma pressão significativa sobre os preços. As principais causas da inflação, segundo o Banco Central, foram o aumento dos impostos e tarifas administrativas em alguns países e a elevação dos preços de frutas e legumes, por causa do rigoroso inverno no sul da Europa.

Links externos