1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Bayern vence Bremen em 45 minutos

Com uma vitória de 3 a 1 sobre o desafiante Werder Bremen, Bayern de Munique consolida sua posição de líder isolado do Campeonato Alemão.

default

Schweinsteiger falhou na zaga, mas brilhou no ataque do Bayern

O Bayern de Munique precisou de apenas 45 minutos para vencer o duelo contra o segundo colocado, Bremen, por 3 a 1, neste sábado (05/11), em partida válida pela 12ª rodada da Bundesliga. Na segunda etapa, o time da casa só administrou o resultado, enquanto o ataque dos visitantes deixou a desejar.

Com o placar, o Bayern disparou na liderança, somando 31 pontos, com uma vantagem de cinco sobre o Bremen. Foi a décima vitória consecutiva do Bayern em casa em 2005. Já o Werder sofreu sua segunda derrota no campo do adversário na atual temporada da Bundesliga.

O jogo

Os 66 mil torcedores no Estádio Allianz Arena, entre eles o técnico da seleção alemã, Jürgen Klinsmann, viram o melhor primeiro tempo da Bundesliga 2005/2006. Aos 36 segundos, Klose (artilheiro do campeonato) recebeu cruzamento de Borowski e abriu o placar de cabeça para o Bremen, aproveitando uma falha de Schweinsteiger.

O Bayern deu o troco imediatamente. No terceiro minuto, o próprio Schweinsteiger corrigiu seu erro e, com um chute de fora da área, que ainda foi desviado por Frings, igualou o marcador. O que se viu até o intervalo foi uma partida empolgante, com um futebol ofensivo das duas equipes, algo raro na Alemanha.

A partir dos 15 min, o Bayern aumentou a pressão sobre a zaga do Bremen, que pecava por falhas de posicionamento. Foi assim que, aos 34 min, Zé Roberto entrou livre pela esquerda, cruzou na área para Pizarro, que mandou com o bico da chuteira para o canto esquerdo do goleiro Reinke.

O Bayern assumiu o domínio de campo. Aos 44 min, Makaay, que estava há 1124 minutos de jogo sem marcar, recebeu cruzamento na entrada da pequena área e ampliou o placar para 3 a 1. Os jogadores do Bremen foram visivelmente abatidos para o vestiário.

O segundo tempo não passou de um treino para a defesa do Bayern. Foram raras as chances de gol criadas nos dois lados. O time da casa recuou completamente e apenas administrou o resultado.

Faltou criatividade ao Bremen para romper a muralha da zaga bávara. "Fizemos duas ou três falhas tolas atrás, que nos custaram os três pontos que havíamos planejado ganhar aqui", disse Frings (ex-Bayern), agora no Bremen.

Bayern de Munique 3 x 1 Werder Bremen

Bayern de Munique
Kahn – Sagnol, Lucio, Ismael, Schweinsteiger (Hargreaves) –Zé Roberto, Ballack (Karimi), Deisler (Jeremies), Demichelis – Makaay, Pizarro
Técnico: Felix Magath

Werder Bremen
Reinke – Naldo Owomoyela, Andreasen, Schulz, Baumann (Vranjes) – Frings, Borowski, Micoud – Valdez (Hunt), Klose
Técnico: Thomas Schaaf

Data: 05/11/05
Local: Allianz Arena, em Munique
Árbitro: Herbert Fandel

Leia mais