1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Bayern perde favoritismo para Leverkusen

Técnicos vêem Leverkusen rumo a seu primeiro título na Bundesliga. Só quatro confiam no Bayern e um o considera ainda no páreo. "Quem perde 4 pontos para meu Gladbach, não ganha o título", sentencia o treinador Meyer.

default

Poucos acreditam que o tricampeão levará o troféu novamente este ano

Franco favorito no início da temporada, o Bayern de Munique tornou-se quase zebra na disputa pelo título do Campeonato Alemão. A maioria dos treinadores de clubes da Bundesliga não acredita mais que os bávaros festejarão o tetracampeonato este ano. Enquete da agência de notícias alemã DPA mostra que o favoritismo recai agora sobre o líder Bayer Leverkusen.

Antes do campeonato, 14 técnicos apostavam que o recordista de títulos nacionais levantaria o troféu pela 18ª vez. Na nova enquete, um considera que o Bayern ainda está no páreo e apenas quatro ainda confiam plenamente que o campeão mundial será capaz de tirar a desvantagem de cinco pontos que o separam dos líderes.

Bom de chegada – Klaus Toppmöller, do Bayer Leverkusen, é um deles. "No início da temporada, eu já apostei no Bayern de Munique e mantenho minha aposta", afirma o treinador do líder da Bundesliga. "Mas se os outros tropeçarem, vamos ocupar a brecha com muito prazer", declara Toppmöller, sem descartar as chances de sua equipe.

Assim como ele, Felix Magath, do Stuttgart, e Andreas Brehme, do Kaiserslautern, confiam no "reservatório de bons jogadores" do clube bávaro para agüentar a maratona do campeonato. Claro que Ottmar Hitzfeld, do Bayern de Munique, completa a lista dos que ainda acreditam na força do tricampeão na reta final. "Quanto mais perto do fim, mais forte ficamos", garante Hitzfeld.

Incertezas – Mas se em agosto os treinadores mostravam clareza de quem era o favorito, cinco meses depois o cenário parece impróprio para previsões. Cinco técnicos se negaram a arriscar desta vez um palpite, entre eles Matthias Sammer, do vice-líder Borussia Dortmund. Quatro treinadores preferiram manter o leque de opções aberto, numa disputa entre Bayer Leverkusen, Borussia Dortmund e Bayern de Munique, desprezando o fato de Werder Bremen e Kaiserslautern ocuparem a terceira e quarta colocações. Jürgen Röber, do Hertha Berlim, não conta mais com os bávaros na briga, mas também vê como indefinida a corrida entre os dois líderes.

Para quatro outros treinadores, não há dúvidas de que o Bayer Leverkusen caminha para a conquista de seu primeiro título na Bundesliga. Hans Meyer, do Borussia Mönchengladbach, Armin Veh, do Hansa Rostock, Thomas Schaaf, do Werder Bremen, e Eduard Geyer, do Energie Cottbus, apostam no time de Toppmöller.

Respostas irônicas – Meyer usa de ironia para descartar as chances do Bayern de Munique: "Quem perde quatro pontos para meu Gladbach, não ganha o título." Na atual temporada, os tricampeões estrearam com uma derrota de 1 a 0 em Mönchengladbach e, na primeira rodada do returno, não saíram do 0 a 0, em Munique, com o adversário egresso da segunda divisão.

Enquanto alguns revelam suas previsões e outros não arriscam palpite, somente um treinador pode estar confiante, desde já, de que acertou na mosca. "O time que, após a 34ª rodada, estiver na primeira colocação será o campeão", declarou o óbvio Ewald Lienen, que luta para salvar o Colônia do rebaixamento.

Leia mais

Links externos