1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Bayern encerra primeiro turno na liderança

Schalke empata e perde a oportunidade de ir para o recesso de inverno em primeiro lugar na tabela. Primeira fase do campeonato alemão de futebol teve algumas surpresas e recorde de espectadores.

default

Peruano Guerrero (esq.) perde a bola para Stranzl, do Stuttgart, mas Bayern ganha ainda assim o jogo

O Schalke, no qual o brasileiro Aílton, artilheiro do campeonato passado, está jogando desde o início desta temporada, apenas empatou por 1 a 1 com o Freiburg – o lanterninha da tabela –, na 17ª rodada da Bundesliga, perdendo assim a oportunidade de ir para o recesso de inverno com o título simbólico de campeão de outono.

O Bayern de Munique, por sua vez, repetiu esta façanha pela 14ª vez na história do campeonato alemão, apesar de um desempenho não muito convincente na partida contra o Stuttgart, que terminou com o placar de 2 a 2.

A equipe da Baviera, que já conquistou o título de campeão da Alemanha 18 vezes, desta vez subiu a duros custos e só assumiu a liderança na 13ª rodada. Agora, ao começar o recesso de inverno, ela está empatada com o Schalke – do qual só ganha pelo saldo de gols – e está apenas seis pontos à frente dos clubes classificados em quinto, sexto e sétimo lugares – Werder Bremen, Hertha Berlim e Hannover, respectivamente, cada qual com 28 pontos.

Ainda assim, a estatística trabalha em favor dos bávaros: em 28 dos 41 campeonatos já realizados até agora, o líder da primeira etapa terminou a temporada com o título de campeão.

Surpresas e decepções

Dois dos clubes que subiram para a primeira divisão nesta temporada, o Arminia Bielefeld e o Mainz 05 – classificados agora em 10º e 11º lugar, respectivamente – destacaram-se nas primeiras 17 rodadas com seu jogo dinâmico e descontraído. No Arminia, a revelação foi Patrick Owomoyela, filho de uma alemã e de um nigeriano, convocado para a seleção nacional graças a seu bom desempenho. Mas a maior surpresa ficou por conta dos "lobos" do Wolfsburg, o clube da cidade da Volkswagen, que liderou a tabela durante boa parte desta etapa inicial.

Não corresponderam às expectativas até agora o Bayer Leverkusen – que vai bem na Liga dos Campeões, mas decepciona no torneio nacional– e o Hamburg, que só começou a se recuperar após a troca de técnico: Klaus Toppmöller foi demitido após seis derrotas do time, sendo substituído por Thomas Doll.

Bochum, Hansa Rostock e Freiburg ocupam as três últimas posições na tabela, sendo portanto sérios candidatos ao rebaixamento, uma ameaça que paira ainda sobre os dois Borussias, o Dortmund e o Mönchengladbach.

Artilheiros e público

Marcelinho

O atacante do Hertha Berlim Marcelinho Paraíba

Dos jogadores brasileiros, o primeiro a surgir na lista de artilheiros é Marcelinho, do Hertha Berlim, em quarto lugar, com nove gols. Kevin Kuranyi, do Stuttgart, também está bem colocado, com oito,em sexto lugar. Lidera a artilharia o eslovaco Marek Mintal, do Nürnberg, com 13 gols.

Razão de contentamento generalizado é o novo recorde de espectadores: mais de 5,6 milhões, numa média de 37.100 por jogo, ou 500 a mais do que na primeira etapa do campeonato anterior. Neste quesito destacam-se justamente duas das equipes menos brilhantes no que diz respeito aos resultados das partidas: o Borussia Dortmund, que atrai em média 77.500 torcedores ao seu estádio, e o Mönchengladbach, que ganhou estádio novo, aumentando a média de espectadores para mais de 49 mil por partida.

O campeonato alemão de 2004/2005 recomeça no dia 21 de janeiro de 2005.

Leia mais