1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Bayern de Munique apresenta Pep Guardiola

A "era Pep" começa oficialmente para o Bayern de Munique. Na entrevista de apresentação, o novo técnico impressiona pela humildade e objetividade e surpreende falando alemão.

Foi a maior coletiva de imprensa da história do Bayern de Munique: cerca de 200 jornalistas estavam presentes e diversos canais de televisão transmitiram ao vivo para todo o mundo. Sentados à mesa, lado a lado, estavam o presidente Uli Hoeness, o presidente do conselho de administração Karl-Heinz Rummenigge, o diretor esportivo Matthias Sammer e o novo treinador Pep Guardiola.

E Guardiola fez aquilo que todos esperavam: ele respondeu às perguntas em alemão. O técnico espanhol apresentou-se de forma descontraída e humilde, mas também com naturalidade e firmeza. Sua pronúncia do alemão mostrou ser melhor do que a de alguns treinadores ao final da passagem pelo clube, e isso apesar de ele ter estudado apenas seis meses a língua, segundo afirmou. Dedicação total é a receita, declarou o técnico de 42 anos.

"Preciso de um novo desafio"

A pergunta mais esperada era, naturalmente, por que ele optou pelo Bayern. E Guardiola respondeu o que todos queriam ouvir. "Minha época no Barcelona foi maravilhosa, mas eu precisava de um novo desafio. O Bayern me ofereceu essa oportunidade", disse, e prometeu dar o máximo de si.

Deutschland Fußball FC Bayern München Vorstellung Trainer Guardiola

Pep Guardiola respondeu muitas perguntas em alemão

A pressão para manter o nível alcançado com a "tríplice coroa" conquistada pelo antecessor, Jupp Heynckes, parece não amedrontá-lo. Guardiola disse que deseja manter esse nível e que essa será a sua tarefa principal. "Eu aceito esse enorme desafio. Assumo uma equipe que jogou extraordinariamente na última temporada. Estou aqui por causa dos jogadores e da história do Bayern. Quando o Bayern te chama, isso é uma honra, um presente."

Bem preparado

Guardiola disse ter acompanhado a Bundesliga ao longo de um ano e que teve uma boa impressão. "Em Nova York, eu acompanhei todos os jogos do Bayern", disse o treinador, que, em quatro temporadas, conquistou 14 dos 19 títulos disputados pelo Barcelona.

O espanhol disse que gostaria de se encontrar com o Heynckes para ouvir conselhos. "A opinião dele é muito importante para mim. Tenho um profundo respeito por ele." Mas o encontro, disse, ainda não foi acertado.

Bem preparado, com surpreendente fluência em alemão, humildade e objetividade: Guardiola deixou, ao final da entrevista, a sensação de que a escolha dele para suceder Heynckes foi uma decisão acertada do Bayern de Munique.

Leia mais