Bayern de Munique é goleado e vê fim do sonho da tríplice coroa | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 02.05.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Bayern de Munique é goleado e vê fim do sonho da tríplice coroa

Zenit São Petersburgo vence o Bayern de Munique por 4 a 0 e elimina a equipe alemã da Copa da Uefa. Final do torneio será contra o Glasgow Rangers.

default

Jogadores do Zenit comemoram gol na vitória por 4 a 0 sobre o Bayern de Munique

O sonho de conquistar três títulos numa temporada acabou na noite desta quinta-feira (01/05) para o Bayern de Munique. A equipe alemã foi derrotada pelo Zenit São Petersburgo por 4 a 0, uma das maiores goleadas da história do clube na Copa da Uefa.

O jogo foi disputado no estádio Petrovski, na cidade russa de São Petersburgo. Na partida anterior, em Munique, as equipes haviam empatado em 1 a 1. No próximo dia 14, em Manchester, o Zenit decidirá o título da Copa da Uefa contra o escocês Glasgow Rangers, que também nesta quinta-feira venceu a italiana Fiorentina nos pênaltis.

Os gols contra o Bayern foram marcados por Pawel Progrebnjak (duas vezes), Konstantin Syrjanow e Victor Faysulin. "É inacreditável", resumiu o técnico do Zenit, o holandês Dick Advocaat, que já havia eliminado o Bayer Leverkusen da competição. É a primeira vez que o Zenit chega à final do torneio.

FC Bayern Debakel im Uefa-Pokal

Schweinsteiger, Jansen, Klose, Toni e Demichelis lamentam; Pogrebnyak comemora

Com a eliminação da Copa da Uefa, a meta do Bayern de conquistar todos os títulos que estava disputando na temporada não será alcançada. Como "consolo", restam a Copa da Alemanha (que a equipe já venceu) e a Bundesliga, na qual precisa de apenas um ponto em quatro jogos para ser campeã.

Cansaço

A direção do Bayern poupou o técnico Ottmar Hitzfeld e os jogadores de críticas e atribuiu a má apresentação ao cansaço de final de temporada. "Temos que reconhecer que o São Petersburgo jogou uma excelente partida e não devemos esquecer que o campeonato russo recém começou", disse o presidente executivo do clube alemão, Karl-Heinz Rummenigge.

"Não é a primeira equipe que não consegue os três títulos. Outras grandes equipes montadas pelo Bayern já estiveram perto e também não conseguiram", ponderou Rummenigge.

Os freqüentes comentários na imprensa alemã sobre o contraste entre a fraca performance internacional e os títulos nacionais foram rechaçados com veemência pelo diretor esportivo Uli Hoeness. "Ah, não me venha com essa história de nacional e internacional. Eu não vou engolir essa de que não temos presença internacional. A nossa equipe está cansada – e basta", esbravejou Hoeness a um repórter da televisão alemã após o jogo.

Na Copa da Uefa, o Bayern nunca perdeu por uma diferença maior do que quatro gols. A última goleada por quatro gols de diferença foi em 1991, em partida disputada contra o Copenhague. O resultado final foi 6 a 2.

Leia mais