1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Bayern contra Dortmund é o grande clássico do futebol alemão atual

Com estilos de jogo diferentes, Bayern de Munique e Borussia Dortmund são as duas principais potências da Bundesliga e servem de inspiração para outras equipes, inclusive fora da Alemanha.

default

Bayern lidera a atual edição da Bundesliga, seguido pelo Borussia

Se existe um clássico entre todos os clássicos da Bundesliga hoje, ele sem dúvida envolve o Bayern de Munique e o Borussia Dortmund. Finalistas da edição passada da Liga dos Campeões, as duas equipes são o retrato fiel do futebol alemão contemporâneo: posse de bola, organização tática e ataques rápidos e mortais. Atualmente, Bayern e Borussia são apontados como o melhor que o futebol alemão tem para a oferecer para o público mundial.

Além do desempenho na temporada passada da Liga dos Campeões, o sucesso das duas equipes também pode ser identificado pela supremacia na Bundesliga, a liga mais rentável do mundo há cinco anos. Nas últimas quatro temporadas, equilíbrio total, sendo duas taças para cada lado – Bayern nas edições 2009/10 e 2012/13 e Borussia no bicampeonato de 2010/11 e 2011/12.

Na edição em andamento, o time bávaro lidera o torneio com 32 pontos, reflexo das dez vitórias e dois empates. Os comandados do técnico Pep Guardiola ainda carregam o recorde de 37 partidas sem derrota no campeonato nacional. Na sequência, apenas quatro pontos atrás (28), o Borussia tenta conter o ímpeto adversário e manter a luta pelo título da temporada 2013/14. O próximo encontro entre as equipes será neste sábado (23/11), jogo válido pela 13° rodada do torneio.

O estilo de jogo dos dois gigantes também serve de exemplo para outros times, inclusive fora da Alemanha, e se aplica à equipe nacional. Vários dos jogadores das duas equipes compõem a seleção da Alemanha e certamente estarão na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Foi pelos pés talentosos de muitos destes craques que a seleção obteve a vaga para o Mundial com certa facilidade. A campanha no grupo C das eliminatórias europeias foi impecável, com nove vitórias e um empate em dez jogos, resultando na primeira colocação.

Mesmo quem não carrega a nacionalidade alemã, mas veste a camisa de uma das equipes, tem espaço garantido nas seleções de seus países. Os craques Arjen Robben e Franck Ribéry, ambos atletas do Bayern, desembarcarão no Brasil com a Holanda e a França, respectivamente. O Borussia tinha atletas nas equipes nacionais de Polônia e Sérvia, mas estas não obtiveram a classificação para o Mundial.

Borussia Dortmund vs FC Bayern München 27.07.2013

Bayern e Borussia fizeram confrontos memoráveis nos últimos anos

Posse de bola contra velocidade

Apesar do evidente destaque nas últimas competições, Bayern de Munique e Borussia Dortmund têm estilos de jogo completamente diferentes. A equipe da Baviera aposta no conceito tático tiki-taka, implementado por Guardiola, que utilizou a mesma metodologia nos quatro anos em que esteve à frente do poderoso Barcelona. O resultado é a maior posse de bola. Já o time prussiano, comandando por Jürgen Klopp, aplica o futebol rápido e agressivo, com ataques coordenados em direção à meta adversária, o que exige muita correria dos atletas.

A forma de jogar das duas equipes pode ser traduzida em números. Nos dez primeiros jogos da Bundesliga, o Bayern teve 66% de posse de bola, recorde da liga, enquanto o Borussia Dortmund está em terceiro colocado no quesito, com "apenas" 55%.

O índice menor da equipe prussiana pode ser explicado pelos constantes deslocamentos dos atletas em campo. Os atletas do BVB percorrem, em média, 118 quilômetros por jogo, atrás apenas do Freiburg (121 quilômetros). Muitas vezes, essa "correria" sobre o adversário se traduz no placar. O Borussia tem o melhor ataque da competição, com 32 gols, cinco a mais que o Bayern (27).

Já o Bayern tem a defesa menos vazada da Bundesliga, com apenas sete gols, um reflexo do esquema compacto com posse de bola, o que privilegia o sistema defensivo. O BVB acumula 11 gols sofridos, reflexo da maneira mais arriscada de jogar.

Há ainda outras estatísticas que ilustram a forma de jogar das duas equipes. Com mais posse de bola e tempo para preparar as jogadas no campo adversário, o Bayern tem um melhor aproveitamento ofensivo. Os atletas bávaros precisam, em média, de 3,9 chutes para colocarem a bola no fundo da rede adversária, enquanto o Borussia contabiliza 5,2 tentativas até alcançar o sucesso no marcador.

Fussball Championsleague Finale Dortmund Bayern

A equipe da Bavaria levou a melhor em Londres e conquistou a Copa dos Campeões

Histórico de confrontos acirrados

Bayern e Borussia carregam um histórico recente de duelos muito disputados. O mais emblemático foi a final da edição passada da Liga dos Campeões, no estádio Wembley, em Londres, no primeiro semestre deste ano. A equipe da Baviera, que já tinha deixado escapar o título da competição em duas oportunidades, venceu pelo placar de 2 a 1. O jogo, como esperado, foi muito disputado e decidido somente nos minutos finais, com gol do holandês Robben.

Em uma espécie de revanche, dois meses depois, o BVB derrotou o Bayern pelo placar de 4 a 2 e conquistou a Supercopa da Alemanha. A partida que marca a abertura da temporada no país envolve o campeão do Campeonato Alemão e o vencedor da Copa da Alemanha. Como o Bayern de Munique havia conquistado o título das duas competições na temporada passada, a Supercopa foi decidida contra o segundo colocado do Campeonato Alemão, no caso, o Borussia.

Pela temporada passada da Bundesliga, os dois encontros terminaram empatados em 1 a 1, mostrando o equilíbrio de forças entre as duas equipes.

Entre os melhores do mundo

As boas campanhas de Bayern e Borussia nas últimas temporadas têm colocado os jogadores das equipes em evidência, não só no cenário local, mas também mundial.

Na semana passada, o goleiro Roman Weidenfeller, do Dortmund, foi convocado pelo técnico Joachim Löw para o amistoso diante da Inglaterra, vencido pelos alemães pelo placar de 1 a 0. O reconhecimento veio após os títulos de campeão alemão em 2011 e 2012 com o Dortmund e as boas atuações na Liga dos Campeões.

O reconhecimento ao futebol alemão também pode ser percebido na lista de 23 jogadores, elaborada pela Fifa e a revista France Football, para escolha do Bola de Ouro da temporada. O grupo conta com seis atletas do Bayern de Munique, clube com mais indicados – Schweinsteiger, Lahm, Neuer, Müller, Robben e Ribéry – e um do Borrussia Dortmund: Lewandowski.

Leia mais