1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Bayer Leverkusen não teme o jogo contra Manchester United

Para o time líder da Bundesliga, derrotar a equipe inglesa no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões é uma questão de honra.

default

O brasileiro Zé Roberto, do Bayer Leverkusen, é um dos escalados para o jogo contra o Manchester

"Queremos recuperar nossa autoconfiança em solo inglês", declarou o treinador do Bayer Leverkusen, Klaus Toppmüller, referindo-se ao jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões contra o Manchester United, que será disputado na quarta-feira (23).

Uma vitória representa para o clube alemão bem mais do que a perspectiva de chegar à final do campeonato europeu. Significa resgatar a honra após o péssimo desempenho exibido na 32ª rodada de jogos do Campeonato Alemão, quando o Bayer Leverkusen perdeu para o Werder Bremen por 2 a 1.

A derrota foi um duro golpe para a equipe que até então ocupava com tranqüilidade a liderança do Campeonato Alemão. Agora, o Bayer Leverkusen está sob ameaça de perder o posto de líder da tabela faltando apenas duas rodadas de jogos para o término da temporada.

O principal concorrente é o Borussia Dortmund, que venceu o Colônia por 2 a 1 no final de semana, pulando para 64 pontos na classificação geral, apenas dois a menos que o Bayer Leverkusen (66).

Vamos lutar - Vencer o Manchester, um dos times mais fortes da Liga dos Campeões, não causa temor na equipe alemã. "Eu estou plenamente convencido de que vamos mostrar um bom jogo", prometeu o capitão do Leverkusen, Jens Nowotny.

"Nós não vamos permitir de jeito nenhum que nos intimidem", garantiu Toppmüller, frisando ainda que "quem tem medo, perde".

Estratégia- O técnico alemão revelou que estratégia está planejando para este confronto. Ele pretende reforçar a defesa e não deixar os adversários mais perigosos do Manchester, Ryan Giggs, Paul Scholes e Ruud van Nistelrooy, à vontade em campo: "Quero uma marcação cerrada, com disciplina e concentração".

Com a mesma postura adotada no jogo contra o Deportivo la Coruña (quando venceu por 3 a 1), Toppmüller vai escalar um único atacante, Dimitar Barbatow, e deixar no banco de reservas os craques Ulf Kirsten e Oliver Neuville.

Estrelas de sobra - Para o jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões, o Manchester United não poderá contar com estrelas como Beckham, Keane, Johnson e Quinton Fortune. Tal desfalque, entretanto, não é motivo para que Toppmüller respire aliviado. E ele sabe disso: "O Manchester tem tanta gente boa no time que não faz diferença se Beckham ou Keane não estão jogando".

Final com Real Madri - Apesar de cauteloso, o técnico do Bayer Leverkusen deixou escapar que gostaria de enfrentar o Real Madri caso sua equipe consiga chegar à final da Liga dos Campeões. "Eu já sonho com isso", disse Toppmüller.

Escalação prévia:

  • Bayer Leverkusen - Butt, Sebescen, Lúcio, Nowotny, Placente, Schneider, Ramelow, Bastürk, Ballack, Zé Roberto, Berbatow
  • Manchester United - Barthez, Gary Neville, Blanc, Brown, Silvestre, Philip Neville (Veron), Scholes, Butt, Giggs, Solskjaer, van Nistelrooy

    O juíz será o esloveno Michel. A partida de ida acontece na quarta-feira (23), em solo inglês, e a de volta dia 30.04, na Alemanha.