1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Bayer classifica-se para a final em partida dramática

O time alemão vai à final da Liga dos Campeões, depois de empatar em 1 a 1, em casa, com o Manchester United nesta terça-feira. O empate bastou ao time alemão para garantir a vaga, devido ao saldo de gols fora de casa.

default

Neuville (centro), abraçado por Placente e Ballack

Pela primeira vez na história do time, o Bayer conquista uma vaga à final da Liga dos Campeões. A alegria não cabia no pequeno estádio. O brasileiro Zé Roberto foi carregado campo afora pelo treinador e o diretor Rainer Calmund não parava de pular, abraçando quem lhe viesse pela frente.

Logo aos dez minutos, o capitão do time alemão, Jens Nowotny, sofreu uma torsão no joelho, que o impedirá de jogar a final, dia 15 de maio. Também o brasileiro Zé Roberto estará fora, por acumular três cartões amarelos.

Embora no início da partida as duas equipes não se atrevessem a jogadas arriscadas, ambas demonstraram alto nível tático e técnico. Roy Keane, capitão do Manchester United, conseguiu abrir o placar aos 28 minutos de jogo. O Bayer Leverkusen, com as ótimas atuações dos brasileiros Zé Roberto e Lúcio, apertou o tempo todo.

Oliver Neuville garantiu o empate nos descontos, pouco antes do final do primeiro tempo. Na segunda metade do jogo, o Bayer voltou com toda a garra e pressionou o Manchester, que inclusive cometeu erros em campo. No último minuto da partida, os ingleses desperdiçaram uma chance de gol: o goleiro alemão Butt havia deixado o gol vazio e Forlan arriscou um chute, que foi defendido de cabeça, na linha, pelo argentino Placente.

Arruaças dos fãs – Cerca de 400 torcedores do Manchester deram asas à frustração nas ruas de Colônia, cidade vizinha a Leverkusen, e procuraram briga com torcedores alemães. 123 fãs ingleses foram detidos e libertados na manhã desta quarta-feira.