1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Barrichello quer ser campeão mesmo com favoritismo de Schumacher

Piloto brasileiro garante que pode vencer a temporada 2002 e desmente rumores de ser substituído pela Ferrari.

default

Barrichello (dir.) conversa com Schumacher (centro) e o piloto de testes Luciano Burti

O piloto brasileiro de Fórmula-1, Rubens Barrichello, parece não se abalar com o favoritismo do tetracampeão Michael Schumacher e acredita que pode ser campeão da categoria em 2002. Barrichello declarou, nesta quarta-feira em Madonna di Campiglio, na Itália, que não descarta a possibilidade de superar seu companheiro de equipe na temporada deste ano.

"O dia em que eu acordar e pensar que não consigo vencer, deixo de correr", declarou o brasileiro. Ele já adiantou que espera uma corrida dominada pelas duas Ferraris na abertura do campeonato, dia 3 de março, em Melbourne, na Austrália.

O terceiro colocado do campeonato do ano passado disse que não interessa quem usa os números 1 e 2, desde que os carros sejam os mesmos. O piloto garantiu que todas as características técnicas dos carros da escuderia são idênticas e os dados são abertos, mas lamentou que apenas um terço das atenções da equipe estão voltadas para o seu trabalho.

"Futuro promissor na Ferrari" - Barrichello rotulou como mentira os rumores de que a Ferrari estaria interessada em contratar o colombiano Juan Pablo Montoya para a temporada de 2003. O contrato do brasileiro termina no final deste ano.

O piloto aparenta não se abalar com os boatos de que seria substituído no ano que vem e afirmou que "se fizer um bom trabalho este ano, terá um futuro promissor na Ferrari".

Leia mais

Links externos