1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Barcelona festeja Gaudí

Aberto na capital catalã o Ano Gaudí, que comemora os 150 anos de nascimento do genial arquiteto que fascina pelas formas arredondadas de seu "modernismo".

default

A Sagrada Família, catedral de Barcelona até hoje não concluída

Com a inauguração de uma exposição pela rainha Sofia de Espanha, deu-se início em Barcelona, ao Ano Gaudí, uma série de 200 eventos em homenagem ao mais famoso filho da cidade, Antoni Gaudí, nascido a 25 de junho de 1852.

A fascinação exercida pela obra do arquiteto, que praticamente aboliu de suas criações as linhas planas e os ângulos retos, parece não ter fim. Só a Sagrada Família, a catedral iniciada em 1882 e até hoje ainda não concluída, atrai 4,5 milhões de visitantes por ano.

As criações de Antoni Gaudí, entre as quais o famoso Parque Güell, são as maiores atrações turísticas da capital catalã. Durante as comemorações do ano dedicado a ele, os edifícios particulares que ele projetou, como a casa Calvet e as mansões Battló e Milá, também estarão abertos ao público. Seu estilo de formas arredondadas, que corresponde ao Jugenstil alemão e ao art nouveau francês, é chamado pelos espanhóis de "modernismo".

Livros, exposições de fotos e maquetes, filmes, congressos e visitas guiadas completam o programa de homenagens e tentativas de explicação de um artista que pouco falou, em vida, a respeito de si e de sua obra. "A humanidade se divide em duas partes. Uns falam, outros fazem. Eu faço parte do segundo grupo", disse ele em 1913 a um repórter do jornal La Razón de Montevideo.

Antoni Gaudí, que faleceu a 10 de junho de 1926, três dias após ser atropelado por um bonde, está sepultado na cripta da Sagrada Família. (lk)

Links externos