Barack Obama recebe Nobel da Paz de 2009 | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 09.10.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Barack Obama recebe Nobel da Paz de 2009

O presidente dos EUA recebeu o prêmio "pelos seus extraordinários esforços com vista a reforçar a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos", anunciou o Comitê Nobel da Noruega, em Oslo.

default

Obama: 'novo clima na política internacional'

O Prêmio Nobel da Paz de 2009 foi atribuído ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, "por seus extraordinários esforços para reforçar a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos", anunciou o Comitê Nobel da Noruega.

"O comitê deu muita importância à visão e aos esforços de Obama no sentido de um mundo sem armas nucleares", declarou seu presidente, Thorbjörn Jagland. Como chefe de Estado, Barack Obama "criou um novo clima na política internacional", lê-se na citação da atribuição do prêmio. Com Obama, "a diplomacia multilateral voltou a ganhar uma posição central, com ênfase no papel que as Nações Unidas e outras instituições internacionais podem desempenhar".

Além disso, devido a sua influência, "o diálogo e as negociações foram priorizados como instrumentos para a resolução mesmo dos mais difíceis conflitos internacionais", sendo que "a visão de um mundo livre de armas nucleares tem estimulado muito o desarmamento e as negociações sobre o controle de armas".

Papel construtivo na abordagem de desafios globais

Graças à iniciativa de Obama, "os EUA desempenham agora um papel mais construtivo na abordagem dos grandes desafios das alterações climáticas que o mundo enfrenta" e "a democracia e os direitos humanos serão reforçados".

"Só muito raramente uma pessoa capturou como Obama a atenção do mundo e deu a seu povo a esperança de um futuro melhor", lê-se ainda na citação. "Sua diplomacia baseia-se no conceito de que quem dirige o mundo deve fazê-lo com base em valores e atitudes partilhados pela maioria da população mundial".

O Comitê Nobel da Noruega sublinha que se esforça "há 108 anos por estimular precisamente essa política internacional e essas atitudes das quais Obama é o principal porta-voz no mundo".

O prêmio será entregue no dia 10 de dezembro em Oslo, data do aniversário da morte do seu fundador, o industrial e filantropo sueco Alfred Nobel, e consiste em uma medalha, um diploma e um cheque de 10 milhões de coroas (cerca de 980 mil euros).

RR/lusa/ap
Revisão: Augusto Valente

Leia mais