1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Barça nega ter pago mais por Neymar, e Santos ameaça cobrar

Clube catalão insiste que craque não custou 95 milhões de euros, como denunciou jornal espanhol, mas sim quase a metade do valor. Antigos donos de 55% dos direitos do jogador, santistas querem esclarecimento.

O presidente do Barcelona, Sandro Rosell, desmentiu a notícia de que Neymar teria custado 95 milhões de euros, insistindo que o clube pagou apenas 57 milhões de euros pela transferência do brasileiro. Enquanto isso, o Santos, antigo time do atacante, já fala em cobrar sua parcela no negócio, se a informação for verdadeira.

Neymar pode ser o jogador mais caro da história, caso se confirmem as informações divulgadas pelo jornal espanhol El Mundo. Segundo o diário, o Barcelona teria pago mais 38 milhões de euros à família do craque, em especial, ao pai dele, na forma de comissões sigilosas.

A notícia é baseada em documentos analisados pela Justiça espanhola a que a publicação afirma ter tido acesso. Caso a suspeita seja confirmada, Neymar teria sido ainda mais caro que o português Cristiano Ronaldo (94 milhões de euros) e o galês Gareth Gale (91 milhões de euros), ambos contratados pelo Real Madrid.

A investigação começou após Jordi Cases, um dos sócios do Barcelona, ter entrado na Justiça para exigir esclarecimentos sobre supostas irregularidades na transferência do brasileiro.

"Neymar custou 57,1 milhões de euros e ponto", reiterou Rosell durante uma entrevista coletiva na segunda-feira (20/01) sobre o projeto de modernização do estádio Camp Nou. "Volto a repetir isso pela enésima vez e já basta.". O clube catalão sempre havia afirmado que a transferência de Neymar fora marcada por "negociações intensas e barganhas".

"Mil por cento transparente"

Rosell disse que gostaria que o juiz o chame a depor para esclarecer as dúvidas. "Tudo é absolutamente impecável, e assim contaremos tudo ao juiz", ressaltou. Ele disse também que só romperá as cláusulas de confidencialidade do contrato a pedido da Justiça. "O Barcelona é mil por cento transparente. O que ocorre é que, em contratos de jogadores e treinadores, nos pedem que sejam confidenciais", observou. "Se o juiz me deixar romper a confidencialidade, faria com o maior prazer."

Neymar in Barcelona eingetroffen

Atacante, após assinatura de contrato: cláusulas incluiriam comissões à família

O presidente do Santos, Odílio Rodrigues Filho, afirmou que, caso a notícia do El Mundo seja confirmada, o clube exigirá uma parte da quantia, já que era, na ocasião, entidade proprietária dos direitos do jogador. "Se o Barcelona pagou mais, o Santos tem 55% disso. Gostaríamos de receber essa diferença”, disse.

Segundo o diário El Mundo, as comissões − acertadas com o pai de Neymar em contratos firmados após a apresentação do atacante em Camp Nou – incluem 2 milhões de euros para procura de "novas promessas do Santos", 4 milhões de euros para um suposto trabalho de "captação de contratos de publicidade de empresas brasileiras".

Serviços sem obrigação de resultados

O jornal destaca que o contrato prevê que as quantias sejam pagas a ambos os serviços sem haver obrigatoriedade de apresentação de resultados, o que, segundo a publicação, indicaria uma simulação.

Também foram acertados 2,5 milhões para Neymar destinar a projetos sociais em São Paulo. Além disso, o pai de Neymar teria direito a 5% (correspondente a 2,7 milhões) sobre o mínimo de 54 milhões de euros que seu filho tem que ganhar nos cinco anos seguintes, totalizando prêmios e salários. Caso o Barcelona não consiga obter títulos suficientes para somar a quantia, esse dinheiro deve ser complementado pelo clube catalão.

Em entrevista ao jornal catalão Sport, Neymar afirmou acreditar que não há irregularidades em sua transferência. "Falei com meu pai para ver do que estão falando exatamente. Meu pai foi quem assinou os contratos e é alguém em quem tenho total confiança", disse o jogador, de 21 anos. "Não há nada de ilegal. Se alguém tem alguma dúvida, deveria perguntar ao meu pai. Eu estou concentrado em meu trabalho, que é jogar futebol."

MD/sid/dpa/ap/rtr

Leia mais