1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Banco expõe telas brasileiras

“Impressões do Brasil” é o título da exposição numa filial do Deutsche Bank, na cidade de Bonn. Os 36 quadros que retratam a paisagem e a cultura brasileiras foram pintados por Rosmarie Reifenrath.

default

Quadros de Rosmarie Reifenrath

O uso de cores vibrantes é a principal característica de Rosmarie Reifenrath. Nascida na Suíça, a artista plástica foi para o Brasil aos três anos de idade. Desde 1998 ela mora com a família em Düsseldorf, na Alemanha. O resultado de sua produção artística não poderia ser diferente: tem uma forte influência da cultura do país que adotou como sua pátria.

Reifenrath, aliás, sente satisfação em colocar o Brasil nas telas, fazendo uma junção de elementos bem característicos. As 36 obras em óleo e acrílico que compõem a exposição "Impressões do Brasil", inaugurada em Bonn na quinta-feira (05), foram pintadas no decorrer de quase dez anos, englobando o período em que ela ainda morava em solo brasileiro e o de sua mudança para a Alemanha.

Seus quadros revelam um cuidado especial com os detalhes e motivos. A tela O Aniversário de Jesus, por exemplo, adapta o tema religioso a um cenário interiorano que apresenta a diversidade do povo brasileiro, reunindo caboclos, índios e descendentes árabes, asiáticos e europeus.

A escolha dos temas é expressa nos títulos de suas telas, como Procissão dos Navegantes, Crianças de Favela, Pelourinho, Saudades de Ilhéus, Escola de Samba, Amanhecer na Fazenda, Pescaria no Rio, Índios e Bananeiras, Colheita do Café.

Outra característica de Reifenrath é a complexidade de elementos inseridos em cada cenário. O observador precisa dispensar atenção para descobrir todos os pormenores de sua obra. Em alguns quadros a pintura ultrapassa os limites da tela e chega à moldura.

Amor pelo Brasil

Rosmarie Reifenrath admitiu que não saberia pintar outros motivos com o mesmo resultado. O colorido forte de seu trabalho nada mais é do que a expressão de vida e calor tipicamente brasileiros.

"Minhas telas exprimem meu sentimento pelo Brasil. Eu amo o país", diz a suíça em um português sem sotaque. Ela revelou ainda que seu objetivo na Europa é continuar retratando e divulgando o lado bonito do Brasil, um país que normalmente só é lembrado no exterior pelos aspectos negativos, como pobreza e violência urbana.

Apoio em parceria

A exposição "Impressões do Brasil" é resultado de uma parceria entre o Deutsche Bank e a Sociedade Brasil-Alemanha. A presidente da entidade teuto-brasileira, Sabine Eichhorn, que veio de Berlim especialmente para participar da vernissage, disse que o evento faz parte da comemoração dos 40 anos da Sociedade Brasil-Alemanha, que atualmente mantém escritórios em Bonn e na capital alemã.

A filial do Deutsche Bank que cedeu o espaço para a exposição costuma promover eventos culturais semelhantes, esclareceu o gerente do banco, Achim Hütten. Ele expressou ainda satisfação com a abertura da mostra, que prossegue até o dia 25 de outubro, e por ver sua agência tão colorida com o exotismo das telas brasileiras.