1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Ballack treina e enfrenta a Polônia na quarta-feira

Astro da seleção alemã participa de atividade física, comprova recuperação de lesão muscular e estréia na Copa na segunda rodada do grupo A, em Dortmund.

default

Capitão assistiu estréia do banco, mas joga na segunda rodada

O meia Michael Ballack participou de um treinamento físico neste sábado (10/6) e mostrou estar totalmente recuperado da lesão muscular que o afastou do primeiro jogo da Alemanha na Copa, contra a Costa Rica, na sexta-feira.

A informação é da Federação Alemã de Futebol (DFB), que divulgou ainda que o goleiro Jens Lehmann, que deixou o campo sentindo dores após a vitória por 4 a 2, também completou a atividade física com sucesso. "Ambos estão bem e devem jogar contra a Polônia", disse o comunicado.

Os duelo com os poloneses está marcado para quarta-feira (14/6), em Dortmund, e deve encerrar a polêmica que envolveu Ballack e o treinador Jürgen Klinsmann às vésperas do Mundial.

A decisão de vetar o capitão do time partiu do comandante, que antes do jogo contra a Costa Rica recebeu dos médicos a informação de que o atleta não estava totalmente recuperado. "Decidimos em favor do Ballack. Foi difícil, mas a decisão teve que ser tomada. Agora, contamos com ele."

Análises

Os jogadores alemães concordaram com as críticas da imprensa local, que apontou erros no sistema de marcação do time durante a estréia. A zaga germânica falhou nos dois gols do atacante Wanchope, marcando em linha e oferecendo a possibilidade de infiltrações.

"Nós estávamos sob uma forte pressão para vencer e conseguimos. Apesar de termos levado dois gols, devemos ficar felizes porque colocamos três pontos na tabela", afirmou o meia Schneider.

"Mas, claro, nós podemos e devemos melhorar na defesa e fechar os espaços. Iremos certamente trabalhar forte nisso nos próximos dias", emendou o veterano que vestiu a tarja de capitão na estréia.

Frings, o responsável pela marcação do time no meio-campo, concordou. "Nós jogamos bem e marcamos quatro grandes gols. Mas sabemos que temos muito o que trabalhar e nem tudo se melhora rapidamente. Precisamos ser mais compactos e ter mais atenção", advertiu.

Leia mais