1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ballack garante estar em ótima forma

Futuro jogador do Bayern de Munique nega que problema em seu pé tenha afetado seu rendimento contra a Irlanda.

default

Meio campista aposta no sucesso da seleção alemã na Copa do Mundo

Em entrevista à agência de notícias alemã Sid, Michael Ballack logo desfez qualquer impressão de que não estaria recuperado da lesão no pé. O craque do Bayer Leverkusen, que na próxima temporada defenderá o rival Bayern de Munique, voltou a afirmar que sua forma física é excelente e que está apto para enfrentar qualquer desafio.

Quanto ao fato de não estar apresentando em campo o desempenho esperado, o jogador de 25 anos tem uma explicação: "Muitas vezes o desejo e a realidade tomam caminhos diferentes. A equipe como um todo está se propondo muito e cada jogador também tem sua própria meta. Por isso nem sempre aquilo que gostaríamos de fazer dá certo."

Após o empate com a Irlanda, o Kaiser Franz Beckenbauer teceu críticas à Seleção Alemã, acusando falta de liderança no time, especialmente no meio de campo. Para Ballack, " o decisivo é que a equipe esteja em harmonia. Claro que existem situações nas quais os jogadores precisam ser estimulados e levar uma sacudidela. No jogo contra a Irlanda, salvo em duas situações, não foi preciso usar este artifício."

A principal pergunta do momento entre os alemães é saber se o time está com medo de não se classificar para as oitavas-de-final, depois do decepcionante empate em relação à espetacular estréia, quando a Alemanha derrotou a Arábia Saudita por 8 a 0.

"Nós já passamos por situação semelhante com a Ucrânia, em que precisávamos vencer na repescagem para ir à Copa. Eu espero que na próxima terça-feira (11/06) consigamos repetir a façanha no jogo contra a República dos Camarões e garantir nossa presença nas oitavas-de-final. Na verdade, essa é uma situação absolutamente normal, quando somente no último jogo da rodada é que os times entram em campo para lutar. É tudo ou nada. Até agora estamos bem. É bom lembrar que nenhum jogador alemão precisa de motivação extra para a próxima partida da Copa", concluiu Ballack, defendendo a garra e a disposição da seleção da Alemanha em continuar no campeonato mundial.

Leia mais