1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Avião movido a energia solar inicia etapa mais longa de volta ao mundo

Solar Impulse 2 parte da China em direção ao Havaí, num percurso de 8,5 mil quilômetros, que deve ser percorrido em seis dias. Aventura pretende mostrar potencial das energias renováveis.

O Solar Impulse 2 (Si2) começou neste domingo (31/05) a etapa mais perigosa da viagem ao redor do mundo. Movida apenas a energia solar, a aeronave decolou da cidade de Nankin, na China, rumo ao Havaí, com vários dias de atraso devido às péssimas condições meteorológicas.

Durante seis dias e cinco noites, o avião irá percorrer uma distância de 8,5 mil quilômetros sobre o Oceano Pacífico. O tempo estimado de voo é de 130 horas. Nesta etapa, o piloto suíço André Borschberg irá conduzir a aeronave sozinho. O Si2 voará no piloto automático durante os 20 minutos que Borschberg terá para tirar pequenos cochilos.

"Esse é a hora da verdade", disse Borschberg antes da decolagem e acrescentou que o sucesso dessa etapa mostrará a credibilidade de sua visão e do piloto Bertrand Piccard "para mudar a mentalidade sobre o enorme potencial de tecnologias limpas e energias renováveis". Os dois vêm se revezando no comando do avião desde o início da aventura, em março passado.

Condições adversas

A travessia será um desafio. Essa é a primeira vez que o Solar Impulse 2 sobrevoa um oceano e permanece no ar por mais de 24 horas. Em caso de falha grave na aeronave, Borschberg terá que se ejetar de pára-quedas no mar.

O avião voará a uma altitude de cerca de 28 mil pés (ou 8,4 mil metros) sobre o Pacífico. O piloto enfrentará variações de temperatura de 55 graus Celsius em uma cabine não pressurizada.

A viagem ao redor do mundo começou do aeroporto executivo de Al Batteen, em Abu Dhabi, em 9 de março. O avião cruzou o Mar Arábico em direção à Índia antes de se seguir voo para Myanmar e China.

Do Havaí ele segue para Nova York, com pousos marcados no meio-oeste dos Estados Unidos – na próxima etapa, Piccard irá pilotar o avião do Havaí até Phoenix, no Arizona. Dos EUA, a viagem então continuará em direção ao sul da Europa ou norte da África, dependendo das condições climáticas. O retorno para Abu Dhabi está agendado para julho.

O Si2 alcança velocidades que variam entre 50 e 100 km/h. Suas asas têm 72 metros de envergadura – pouco maior que a de um avião jumbo – e o avião pesa, ao todo, 2,3 toneladas – o equivalente a um carro utilitário.

CN/ap/afp/lusa

Leia mais