1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Avião de transporte militar europeu tem construção assegurada

Ministro alemão Rudolf Scharping afirmou na terça-feira que novo avião de transporte militar europeu Airbus A400M poderá ser construído, depois que oposição retirou queixa no Tribunal Federal Constitucional.

default

Jutta Limbach, presidente do Tribunal Federal Constitucional, na abertura do processo sobre o A400M

A aquisição do Airbus A400M, orçada em 8,6 bilhões de euros, havia se transformado em conflito político, pois a oposição não aceitou que o governo tivesse assumido o compromisso sem o aval do parlamento.

O ministro Scharping prometeu aos sete outros países europeus participantes do projeto que a Alemanha compraria 73 aparelhos, mas só previu recursos de 5,1 bilhões de euros no orçamento de 2002, o suficiente para comprar 40 aviões. A compra dos outros 33 Airbus A400M, no valor de 3,5 bilhões de euros, seria aprovada no orçamento de 2003.

A oposição dos democrata-cristãos e liberais protestou junto ao Tribunal Federal Constitucional, mas recuou nesta terça-feira, retirando a queixa, depois que o ministro Scharping declarou ter dado apenas um sinal político aos parceiros, sem assumir responsabilidades. A presidenta do Tribunal, Jutta Limbach, arquivou o processo.

Projeto de 18 bilhões de euros – O A400M é um avião de transporte militar, construído segundo os padrões mais modernos da aviação. Será fabricado em Toulouse (França) pela Airbus Military Company, subsidiária do grupo de aviação europeu Airbus. Cada aparelho custa 79,7 milhões de euros, mas os custos do sistema elevam-se a 117 milhões de euros, incluindo-se formação de pessoal e peças de reposição.

No total, serão fabricados 196 aviões. A Alemanha terá 73, a França 50, Espanha 27, Grã-Bretanha 35, Turquia 10, Bélgica 7, Portugal 3 e Luxemburgo 1. Trata-se do maior projeto militar já realizado na Europa.

Economia de custos - O A400M pode transportar 37 toneladas de carga voando a 780 km/h, podendo ser abastecido no ar. Tem capacidade para transportar um helicóptero ou 120 soldados, inclusive equipamento. Sua autonomia de vôo, carregado com 30 toneladas, atinge 4.400 quilômetros.

Na Alemanha, o A400M irá substituir os aviões de transporte Transall. Segundo o ministro Rudolf Scharping, o custo de transporte por tonelada do A400M é apenas um décimo do custo do Transall, cujo protótipo começou a voar em 1963. As Forças Armadas alemãs possuem 84 Transall.

Leia mais