1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

AutoVision em Wolfsburg, um projeto bem-sucedido

Instituído há cinco anos, o projeto AutoVision é considerado modelo de uma bem-sucedida parceria entre os setores público e privado.

default

Uma nova força para Wolfsburg: AutoVision

A cidade de Wolfsburg sofria os efeitos de uma economia monoestrutural e apresentava uma taxa de desemprego de mais de 17% em fins de 1997, às vésperas de completar 60 anos de existência. Foi a título de "presente de aniversário" que a municipalidade e a Volkswagen, a maior montadora européia que tem lá sua sede mundial, lançaram, em 1998, o projeto AutoVision. Implementado desde então passo a passo, ele é considerado hoje um modelo de PPP (Public Private Partnership), que vem sendo copiado em outras localidades.

Agora o conceito tornou-se conhecido também no Brasil, desde que a VW alemã anunciou a criação da AutoVisão Brasil, uma empresa destinada a recolocar no mercado de trabalho 3933 funcionários das fábricas de São Bernardo do Campo e de Taubaté, que a montadora pretende demitir de seus quadros.

Joint venture a serviço da transformação estrutural

Na implementação do projeto, a Wolfsburg AG, empresa criada em parceria pela cidade e a VW em meados de 1999, orientou-se pelas vantagens de Wolfsburg como pólo da indústria automobilística, visando ao mesmo tempo superar as deficiências decorrentes da dependência da economia local da grande montadora.

A cidade ressentia-se da falta de empregadores de pequeno e médio porte, de prestadores de serviços e de atrações que a transformassem em centro de lazer e turismo. Promover pouco a pouco uma transformação estrutural em Wolfsburg e toda a região foi, desde o início, a estratégia de longo prazo do projeto AutoVision.

Quatro pilares

Para isso, as atividades da empresa ramificaram-se e concentraram-se em quatro pilares setoriais que apontam, todos eles, resultados animadores, segundo os mais recentes dados, que o setor de comunicação forneceu à DW-WORLD:

  • Fomento à fundação de empresas de pequeno e médio porte, por meio de assessoria a jovens empreendedores, desde a idéia até o estabelecimento de um novo negócio. O balanço neste setor aponta 176 novas empresas surgidas em Wolfsburg desde então, com a geração de mais de 1000 postos de trabalho.
  • Incentivo a empresas fornecedoras e prestadoras de serviços para a indústria automobilística, atraindo-as a se estabelecer na cidade. A cidade abriga agora 94 empresas fornecedoras, que criaram quase 3000 empregos.
  • Incremento das ofertas de lazer na cidade, visando a atrair mais visitantes e a proporcionar melhor qualidade de vida a seus habitantes. Inúmeros projetos devem ser realizados até 2008, dos quais devem resultar 2000 vagas de trabalho.
  • Programas de qualificação e treinamento de pessoal para as novas tarefas surgidas na cidade, ofertas de realocação no mercado de trabalho, terceirização de serviços e gestão de recursos humanos, que já resultaram em 1400 novos empregos.

    Como dado mais eloqüente de sua contribuição para o desenvolvimento econômico da cidade, a empresa cita a taxa de desemprego, que caiu em Wolfsburg de uma média de 17,2%, em 1997, para 8,5%, em 2002.

Leia mais

Links externos