1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Aumenta confiança dos empresários alemães

O índice de clima econômico do Instituto IFO em março mostra que o empresariado alemão está recuperando a boa forma.

A confiança empresarial melhorou na Alemanha, superando as expectativas de grande parte dos analistas. Em março, o indicador de clima econômico para o oeste do país subiu de 88,5 para 91,8 pontos, divulgou nesta terça feira o Instituto de Pesquisa Econômica IFO, sediado em Munique.

Seu prognóstico era de apenas 90,2 pontos. Nos estados da antiga República Democrática Alemã, o acréscimo foi de 100,1 para 100,8 pontos. A recuperação do comércio varejista foi especialmente surpreendente.

Desta forma, o índice – considerado o mais importante indicador prévio da economia alemã – voltou a alcançar os níveis de março de 2001, consolidando a tendência dos primeiros meses do ano corrente. Segundo o diretor do IFO, Hans-Wener Sinn, este quinto aumento em série deve-se sobretudo às melhores expectativas comerciais para os próximos meses.

A volta das vacas gordas – Em 2001, a primeira economia da Eurolândia teve uma taxa de crescimento de apenas 0,7%, a mais baixa desde 1993. Tal fato deveu-se sobretudo à diminuição da atividade nos setores industrial e de exportações, em decorrência da desaceleração econômica nos Estados Unidos. Após a recessão no último semestre do ano passado, pela primeira vez em oito anos, a economia alemã deverá voltar a crescer este ano, prevêem os analistas.

O IFO calcula seu índice de clima econômico baseado em dados sobre produção, inventários, encomendas, preços e postos de trabalho, fornecidos mensalmente por sete mil empresas. O ano-base é o de 1995, assinalado com o nível 100.

  • Data 26.03.2002
  • Autoria (av)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/224C
  • Data 26.03.2002
  • Autoria (av)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/224C