1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Atrações na Europa que turistas não podem perder em 2016

A Alemanha celebra a sua cerveja, a Inglaterra homenageia Shakespeare, e a França recebe a Eurocopa: muitos eventos vão agitar o velho continente, de janeiro a dezembro. Confira alguns deles.

A Europa é o principal destino entre os continentes do mundo, de acordo com as mais recentes estatísticas publicadas pela Organização Mundial de Turismo (OMT). Segundo estimativas, foram mais de 600 milhões de visitantes só em 2015.

O velho continente oferece muitas opções de atividades culturais ou, simplesmente, para relaxar. Mas quais eventos e locais devem entrar no roteiro de viagem? Quais aniversários e festivais especiais valeriam uma viagem extra ou um desvio de rota?

Alemanha celebra seus jardins e cervejas

Em 2016, a Alemanha vai celebrar um aniversário especial: os 500 anos da proclamação das leis que determinam os preceitos de pureza da cerveja – decretados pelo duque Guilherme 4º, da Baviera, em 1516. Receber o rótulo de cerveja significa conter malte, lúpulo, água e fermento. Mais tarde, a levedura foi adicionada à lista. A Lei da Pureza é a legislação alimentar mais antiga do mundo ainda em vigor.

O evento será oficialmente aberto em 22 de abril, data em que a lei foi proclamada. No final de julho, a cidade de Munique vai realizar um festival da cerveja com duração de três dias. Cerca de 100 cervejarias bávaras estarão participando, e mais de 100 mil visitantes de todo mundo são esperados. Se isso não for o bastante, a tradicional Oktoberfest vai encher os canecos de cerveja dos visitantes de 17 de setembro a 3 de outubro.

Potsdam Park von Sanssouci

O Parque Sanssouci foi projetado por Lenné

Já Berlim vai lembrar os 150 anos da morte do paisagista Peter Joseph Lenné. Ele projetou espaçosos parques no estilo jardim inglês, entre eles o de Sanssouci, em Potsdam; a Ilha dos Pavões (Pfaueninsel) e Parque Glienicke, em Berlim. Atualmente, todos os três fazem parte da lista de patrimônios mundiais da Unesco.

Eurocopa na França

Entre os principais eventos de 2016 está, sem dúvida, a Eurocopa, marcada para entre 10 de junho e 10 de julho na França. As dez cidades que vão receber os jogos estarão no centro das atenções: entre elas Lyon, com seu centro histórico repleto de vielas, e a cidade de Bordeaux, um patrimônio mundial da Unesco desde 2007.

Os jogos da abertura e final serão realizados no Stade de France, em Paris. A capital francesa espera 3 milhões de visitantes extras para essas partidas. Um telão será instalado na base da Torre Eiffel para o público poder acompanhar os jogos.

Como a segurança é uma das principais preocupações na esteira dos ataques terroristas de novembro de 2015, o Campo de Marte, com espaço para 120 mil pessoas, será controlado, e as entradas serão cuidadosamente monitoradas. Pratos tradicionais dos 24 países participantes serão servidos ao longo das margens do rio Sena durante o período da competição.

400 anos da morte de Shakespeare

William Shakespeare Porträt Gemälde

Shakespeare é um dos mais famosos autores do mundo

Nenhum dramaturgo na história escreveu peças de teatro tão duradouras como William Shakespeare. O Reino Unido vai aproveitar o aniversário de 400 anos de sua morte como ocasião para festejar o autor, com produções teatrais, cinematográficas e sinfônicas em todo o Reino Unido.

Uma nova exibição permanente, que será aberta na cidade natal e onde Shakespeare passou sua infância, chamada Stratford-upon-Avon, pretende examinar o meio social do escritor: família, amigos e vizinhos, companheiros de farra e colegas de trabalho. Após exaustivas reformas, o antigo prédio da escola de Shakespeare, não muito longe de sua casa, será reaberta ao público.

Capitais da cultura

Breslávia (Wroclaw), na Polônia, e San Sebástian, na Espanha, são as capitais europeias da cultura de 2016. Wroclaw é uma cidade criativa e jovem, um centro estudantil com arquitetura histórica cuidadosamente restaurada, repleta de museus, galerias e restaurantes.

Na Segunda Guerra, muitas partes do centro da cidade foram destruídas, e a população alemã foi expulsa em 1945. Desde então, milhares de poloneses se instalaram na região. Este tipo de identidade complexa personifica o conceito por trás das capitais europeias da cultura.

O ano será preenchido com concertos, seja no reconstruído Fórum Nacional da Música, nas ruas, estações de trem ou em hospitais. Wroclaw será agraciada com exibições e instalações, e o ano será encerrado com a apresentação dos Prêmios do Cinema Europeu (European Film Awards), em 10 de dezembro.

Spanien Strand La Concha in San Sebastian

San Sebástian tem um clima ameno e uma praia bonita

Em muitas maneiras, o programa de San Sebástian, no norte da Espanha, foi projetado para ajudar a superar as profundas divisões do passado que persistem até hoje entre sua população. Por décadas, por meio de atentados, a organização separatista ETA tentou forçar a formação de um país basco independente. "As pessoas devem ter algo que lhes dê alguma fé no futuro da cidade", afirma o diretor do projeto Capital da Cultura 2016, Pablo Berástegui.

A programação se ocupa de questões atuais, como o fluxo de refugiados em direção à Europa. Em março haverá um festival antiguerra com concertos, filmes e teatro. E a abertura, em junho, será uma exibição especial de 300 trabalhos de Goya, Rubens e Picasso sobre violência e paz.

Grandes exposições de arte

Qualquer turnê europeia deve incluir uma visita a, pelo menos, um dos muitos museus de arte. Em 2016, um destaque será a homenagem ao pintor renascentista holandês Hieronymus Bosch. Por ocasião dos 500 anos de sua morte, quadros serão enviados para seu local de nascimento, em Hertogenbosch, onde vão estar na exposição intitulada "Hieronymus Bosch – visões de um gênio", de 13 de fevereiro a 8 de maio.

De Hooiwagen von Hieronymus Bosch

"O carro de feno", do pintor holandês Bosch

Talvez a obra mais conhecida de Bosch, O jardim das delícias terrenas, permanecerá no Museu do Prado, em Madri. Ela é de propriedade espanhola desde o século 16 e nunca foi emprestada. O museu realizará uma exibição especial de mais de 60 pinturas do artista a partir de 31 de maio.

De 30 de janeiro a 20 de abril, a Academia Real de Artes, em Londres, vai apresentar a exposição "Pintando o jardim moderno: De Monet a Matisse", com 120 trabalhos de grandes mestres como Cézanne, Renoir, Manet, Van Gogh, Kandinsky, Klimt e Klee.

No norte da Itália, os fãs do artista Cristo vão andar sobre a água graças ao projeto "Píeres flutuantes" no Lago Iseo, na Lombardia, entre 18 de junho e 3 de julho. A passarela, de três quilômetros, vai consistir de cubos flutuantes revestidos em material amarelo cintilante. Já as montanhas na beira do lago vão oferecer uma visão panorâmica.

Clássicos eternos

Karneval in Venedig

O carnaval de Veneza é um dos mais famosos do mundo

Uma data aguardada com ansiedade todos os anos no calendário europeu de eventos é o carnaval. Em Veneza, ele será de 23 de janeiro a 9 de fevereiro. Muitas cidades alemãs também festejam o carnaval: as paradas de segunda-feira acontecem no dia 8 de fevereiro, em Colônia, Düsseldorf e Mainz. Outro carnaval mundialmente famoso é o de Nice, na França, que será neste ano de 12 a 28 de fevereiro. A famosa Promenade des Anglais oferece um cenário pitoresco para a folia.

Midsummer e Eurovisão 2016 na Suécia

As noites de verão são ainda mais curtas no norte da Europa. Nas proximidades e acima do Círculo Polar Ártico, o sol não se põe totalmente no final de junho. Os suecos usam as noites claras para celebrar o Midsummer.

Neste ano, o solstício de verão cai em 24 de junho. Muitos usam vestidos tradicionais, e dançam e cantam a noite inteira. O maior e mais tradicional festival de verão acontece na cidade de Leksandon Siljan. Convidados estrangeiros são mais do que bem-vindos.

Os viajantes que querem ver "outras estrelas" podem ir à Suécia um pouco mais cedo, em 2016, para outro grande evento. O dia 14 de maio é a data da final do 61º Grande Prêmio da Canção Eurovisão. O espetáculo será transmitido ao vivo pela televisão, e o público votará em seus favoritos por telefone.

Música ao ar livre

Fete de la Musique in Weimar

Um trio de jazz na Fetê de la Musique em Weimar

Festivais de música ao ar livre também são grandes eventos culturais na Europa. Um dos mais conhecidos é a Fetê de la Musique, que ocorre no verão europeu, no dia 21 de junho. Em cidades da Europa, músicos profissionais e amadores dão concertos gratuitos nas ruas e em bares.

Um dos maiores festivais de música ao ar livre do mundo é o Glastonbury, no sudoeste da Inglaterra. O evento será realizado de 22 a 26 de junho, e oferecerá uma grande variedade de música contemporânea, do rock ao hip hop. Também na programação estão teatro, dança e performances circenses.

Outro evento que agrada ao público todos os anos é o festival de heavy metal Wacken Open Air, no norte da Alemanha. No primeiro fim de semana de agosto, dezenas de milhares de fãs se aglomeram em uma pequena cidade para o evento que é considerado o maior festival de heavy metal do mundo.

Para os fãs de música clássica há o Festival Internacional de Aix-en-Provence, no sul da França. Ele oferece muitos concertos e espetáculos de ópera tendo a cidade histórica como pano de fundo. O cenário mais mágico é o pátio do Palácio do Arcebispado, onde performances são realizadas a céu aberto.

Leia mais