1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Atleta alemã causa polêmica ao revelar na internet nome de assediador

Ariane Friedrich publicou no Facebook o nome e a cidade de um homem que ela acusa de assédio sexual. A atleta argumenta que, permanecendo calada, seria duas vezes vítima.

default

Ariane Friedrich

A atleta Ariane Friedrich, que vai representar a Alemanha nos Jogos Olímpicos de Londres na modalidade salto em altura, envolveu-se numa polêmica que não tem nada a ver com o mundo do esporte. Na segunda-feira passada (16/04), ela publicou na sua página do Facebook o nome e a cidade onde mora um homem que ela acusa de tê-la assediado sexualmente.

O post escrito por Ariane diz que o homem identificado como T. D. perguntou a ela se gostaria de ver fotos de seu pênis – e anexou imagens do órgão genital dele ao email. A mensagem de Ariane no Facebook rendeu mais de 1.200 comentários e mais de 5.000 usuários "curtiram" a publicação.

Reação

A decisão de Ariane de revelar a identidade do suposto assediador despertou críticas. Segundo alguns comentários no Facebook, o email poderia ser falso e a atleta, que exerce a profissão de comissária de polícia, estaria divulgando o nome de uma pessoa que, na verdade, não seria a autora do texto. Um dos usuários escreveu que Ariane, de 28 anos, poderia ser penalizada judicialmente por seu ato.

Ariane rebateu as acusações nesta segunda-feira, afirmando ter se certificado da identidade do agressor por meio do endereço de PI do computador usado pela pessoa que ela está acusando.

No sábado, ela havia usado o Facebook para falar sobre o assunto. "Claro que é um grande passo tornar público um email tão ultrajante como esse, mas não é a primeira vez que um email como esse chega até mim", argumentou a atleta, que estudou para ser policial.

"Eu não estou mais disposta a me tornar uma vítima e a sempre me calar – eu estou simplesmente cansada. Só porque eu apareço um pouco mais em público não significa que alguém possa de alguma maneira me atacar, ofender ou assediar sexualmente", defendeu-se no Facebook.

"Ela agiu corretamente"

O presidente da associação alemã de policiais, Rainer Wendt, parabenizou a atleta pela atitude. "Como pessoa pública, ela agiu corretamente e deu um bom sinal. De qualquer maneira, deve haver um processo penal. Eu farei o mesmo da próxima vez que receber uma ameaça de morte", comentou, acrescentando que a lei também vale para a internet, apesar de muitas pessoas pensarem que estão protegidas pelo anonimato. O Ministério Público já está investigando o caso.

O treinador de Ariane, Günter Eisinger, disse temer que a polêmica possa atrapalhar o desempenho dela em Londres e que nem ele nem a atleta vão mais comentar o assunto.

Ariane, campeã europeia em pista coberta de 2009, esteve recentemente treinando em Pretória, na África do Sul. "Os treinos correm bem, mas Ariane precisa estar de novo com a cabeça livre", declarou Einsinger. Depois de uma ruptura no tendão de Aquiles, a atleta voltou à ativa recentemente e deve brigar por medalha nas Olimpíadas. A melhor marca dela é 2,06 metros.

NP/dpa/sid
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais