Ativistas denunciam centro de tortura a gays na Chechênia | Veja todo o conteúdo audiovisual publicado na mediateca | DW | 25.04.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ativistas denunciam centro de tortura a gays na Chechênia

A Chechênia e a Rússia negaram as denúncias de tortura em massa de homossexuais, após um jornal publicar imagens que supostamente revelam agressões feitas a mais de 100 pessoas.

Assistir ao vídeo 02:24
Ao vivo agora
02:24 min

Grupos de direitos humanos afirmam que centenas de homens foram presos, torturados e até assassinados no país de maioria muçulmana, onde ser gay é considerado tabu. As autoridades locais e russas negam as acusações dizendo que não há provas.