1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Atirador em exibição de Batman é condenado a prisão perpétua

Jurados não chegaram a veredicto unânime sobre pena de morte para James Holmes. Ataque durante exibição de filme de Batman em 2012 deixou 12 mortos e 70 feridos no Colorado.

default

James Holmes na primeira audiência, em 2012

James Holmes, autor do tiroteio que deixou 12 mortos e 70 feridos num cinema nos Estados Unidos em 2012, foi condenado à prisão perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional.

O júri, formado por nove mulheres e três homens, não chegou a um veredicto unânime sobre a condenação à pena de morte, solicitada pela promotoria. A defesa fez um pedido de clemência, alegando que o jovem de 27 anos sofreria de problemas mentais.

Familiares das vítimas acompanharam a leitura da sentença em meio a grande comoção. Quando o juiz anunciou a pena de prisão perpétua, alguns abandonaram a sala do tribunal.

Armado com fuzil, escopeta, pistola e bombas de fumaça, em 20 de julho de 2012 o estudante de Neurociências da Universidade do Colorado abriu fogo durante a exibição do filme Batman, o Cavaleiro das Trevas ressurge, num cinema da cidade de Aurora.

Depois do atentado, policiais encontraram armas, explosivos e material químico no apartamento de Holmes. Ao ser detido, ele se identificou como "Coringa", um dos personagens antagonistas de Batman.

KG/efe/rtr

Leia mais