Atingidas por enchentes, cidades alemãs decretam estado de emergência | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 02.06.2013
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Atingidas por enchentes, cidades alemãs decretam estado de emergência

Após fortes chuvas, rios transbordam e alagam cidades no sul e no leste da Alemanha. Exército deve entrar em ação nas áreas mais afetadas. Inundações deixam mortos na Áustria e na República Tcheca.

A chuva contínua registrada há dias em diversas regiões da Alemanha agravou neste domingo (02/06) a situação no sul e no leste do país. Nos estados da Baviera e da Saxônia, rios transbordaram e estradas foram inundadas. Cidades como Passau e Rosenheim decretaram estado de emergência. A chanceler federal alemã, Angela Merkel, garantiu ajuda federal para as áreas afetadas, incluindo auxílio do Exército.

Na Baviera, a situação é especialmente crítica nos rios Danúbio e Inn. No Meno, as condições também são preocupantes. Em Passau, o Danúbio deve ultrapassar a marca de dez metros, de acordo com previsões das autoridades.

Na Saxônia, as autoridades relataram inundações nas bacias hidrográficas dos rios Elba, Schwarze Elster, Weisse Elster e do Spree. Em Chemnitz, várias ruas foram interditadas, e as autoridades alertaram para um possível agravamento da situação com a continuidade das chuvas. O rio Mulde também transbordou, inundando partes da cidade de Grimsby, de 19 mil habitantes.

Dauerregen und Hochwasser in Deutschland Juni 2013

Rios transbordaram e invadiram estradas e linhas férreas

A situação também era tensa no domingo em algumas regiões no estado de Baden-Württemberg. Os locais mais atingidos eram as áreas próximas ao rio Neckar e a região do Allgäu.

Mortes

No domingo, o Exército alemão começou a se preparar para operações de apoio nas áreas mais afetadas nos estados da Baviera, Saxônia e Turíngia. Unidades em Munique, Dresden e Erfurt foram alertadas e iniciaram os preparativos para entrar em ação.

Na Áustria e na Suíça, a inundação também tomou invadiu ruas e linhas ferroviárias. Na Áustria, um homem foi soterrado por um desmoronamento de lama. Na República Tcheca, o rio Moldava ameaça inundar o centro antigo de Praga. Uma mulher morreu quando sua casa de veraneio desmoronou, nos arredores da capital. Três homens estão desaparecidos em rios da região da Boêmia e a polícia teve que interromper as buscas devido ao grande volume de água.

MD/afp/dpa

Leia mais