Ataque suicida mata soldado alemão no Afeganistão | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 07.10.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Ataque suicida mata soldado alemão no Afeganistão

Ministro alemão da Defesa, Karl-Theodor zu Guttenberg, anunciou que um soldado alemão foi morto em ataque suicida no Afeganistão. Seis outros soldados foram feridos no atentado.

default

Até agora, 44 soldados alemães morreram no Afeganistão

Um soldado alemão foi morto e outros seis foram feridos em ataque suicida no Afeganistão, nesta quinta-feira (07/10), segundo declaração do ministro alemão da Defesa, Karl-Theodor zu Guttenberg.

O atentado ocorreu próximo à capital da província de Baghlan, Puli Khumri, onde um grupo de soldados alemães da Força Internacional de Assistência à Segurança no Afeganistão (Isaf) estava em patrulha. Radicais islâmicos talibãs assumiram a responsabilidade pelo ataque.

O atentado desta quinta-feira aumentou para 44 o número de soldados alemães mortos no Afeganistão. Deste total, 27 morreram em combate.

Com 4.800 homens, a Alemanha detém o terceiro maior contingente na Isaf. Somente as tropas norte-americanas e britânicas são maiores na força de segurança sob o comando da Otan.

CA/dpa/dw

Revisão: Marcio Damasceno

Leia mais