1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ataque em base militar deixa 4 mortos e 16 feridos no Texas

Atirador lutou na Guerra do Iraque e sofria de depressão. Tragédia lembra o ataque de 2009, ocorrido na mesma base, quando um militar matou 13 pessoas.

Um veterano da Guerra do Iraque abriu fogo na base militar de Fort Hood, no Texas, a maior dos Estados Unidos, deixando três mortos e 16 feridos nesta quarta-feira (02/04). Em seguida, ele se suicidou.

O atirador teria usado uma arma semiautomática de calibre 45, recentemente adquirida, e disparado contra a própria cabeça ao se deparar com um agente da policial militar num estacionamento, conforme relatou o tenente-general Mark Milley, comandante da base.

O ocorrido trouxe à tona as memórias do ataque na mesma base em 2009, quando um soldado disparou contra seus colegas, deixando 13 mortos e 30 feridos. "Estamos inconsoláveis por algo assim ter acontecido de novo", disse o presidente Barack Obama em Chicago, em menção às vítimas de 2009.

Fort Hood USA Schießerei Texas 2.4.14 Mark Milley

Segundo Milley, causas e motivações são desconhecidas

Casado, o atirador serviu quatro meses no Iraque, em 2011, e sofria de depressão. De acordo com Milley, o soldado estava em tratamento e poderia ser diagnosticado como um caso de stress pós-traumático. Segundo o deputado republicano Michael McCaul, o suspeito se chama Ivan Lopez. Ele é casado.

As causas e motivações do atirador são desconhecidas e, segundo Milley, não há indícios de que o caso esteja relacionado com terrorismo. Um oficial federal afirmou que as autoridades entrariam em contato com a esposa do atirador e também esperam investigar a casa e o computador dele.

Os feridos foram levados ao hospital da base militar e a outros hospitais regionais. Ao menos três se encontram em estado grave. O médico responsável do hospital Scott and White, Glen Couchman, afirmou que as primeiras quatro pessoas que chegaram tinham balas no abdômen, peito, pescoço e extremidades. O estado dos pacientes varia de estável a muito crítico.

Fort Hood está entre Houston e Waco e é uma das maiores bases militares do mundo, com cerca de 45 mil soldados.

RCC/ap/dpa/lusa

Leia mais