Ataque com faca deixa mortos no Japão | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 25.07.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ataque com faca deixa mortos no Japão

Homem invade clínica para pessoas com deficiência em Sagamihara, perto de Tóquio, e mata pelo menos 19 pessoas. Há ainda 45 feridos, dizem autoridades. Suspeito é detido após se entregar à polícia.

Um homem matou pelo menos 19 pessoas e feriu outras 45 a facadas após invadir uma clínica para pacientes com deficiência em Sagamihara, no Japão, nesta segunda-feira (25/07).

Os primeiros relatos foram divulgados pela emissora japonesa NHK e mais tarde confirmados pela polícia de Tóquio. A capital fica a cerca de 40 quilômetros de onde ocorreu o crime.

Segundo informações da imprensa, a polícia foi acionada sobre a presença de um homem armado com uma faca por volta das 2h30 da madrugada de terça-feira (no horário local). Um funcionário da clínica fez a ligação.

As autoridades prenderam mais tarde um homem de 26 anos que se entregou à polícia confessando o ataque. Segundo a agência de notícias japonesa Kyodo News, o suspeito levava uma bolsa cheia de facas e ferramentas afiadas, algumas delas ensanguentadas, quando chegou à delegacia.

Segundo o jornal japonês Asahi Shimbun, o agressor teria dito à polícia ao se entregar que desejava "se livrar dos deficientes desse mundo". Ele afirmou ser um ex-funcionário da clínica.

A polícia acredita, de acordo com a NHK, que o suspeito usou um martelo para quebrar uma janela e entrar no edifício.

As dezenas de feridos foram transferidas para vários hospitais da região. Segundo os serviços de emergência, 20 deles se encontram em estado muito grave.

A clínica pública, mas que é administrada por uma empresa privada, se encontra em uma área residencial da cidade de Sagamihara e tem capacidade para 150 pessoas.

EK/afp/ap/dpa/efe

Leia mais