1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ataque com espada deixa dois mortos na Suécia

Homem mascarado avança contra pessoas numa escola na cidade de Trollhättan, no sudoeste do país. Um professor e um estudante são mortos, e há dois feridos graves. Autor do atentado morre após ser baleado pela polícia.

Um professor e um aluno morreram e mais duas pessoas ficaram feridas com gravidade num ataque com uma espada realizado por um homem mascarado numa escola de Trollhättan, no sudoeste da Suécia, nesta quinta-feira (22/10).

O autor do atentado, um homem de 21 anos, foi ferido com um tiro pela polícia e morreu num hospital em Norra Älvsborg. Um aluno ferido no atentado não resistiu aos ferimentos e também morreu num hospital. Os outros dois feridos são um aluno e um professor.

Quando a polícia chegou ao local, um professor estava morto e dois alunos – de 11 e 15 anos – e um outro docente estavam feridos. Um dos alunos morreu mais tarde, mas o hospital não divulgou qual deles.

Os motivos do ataque ainda são desconhecidos. O mascarado portava várias armas, incluindo uma espada, afirmou a polícia sueca. Testemunhas também disseram que o homem carregava uma espada.

"Quando nós o vimos, achamos que fosse uma brincadeira. Ele estava usando uma máscara e roupas pretas e carregava uma espada longa. Alguns estudantes quiseram tirar fotos com ele e pegar na espada", relatou um estudante não identificado à agência de notícias TT.

Schweden Fünf Verletzte bei Schwert-Angriff in einer Schule in Trollhättan

Policiais nas proximidades do local do ataque, em Trollhättan

Segundo as primeiras informações, o ataque aconteceu num café anexo à escola Kronan, que tem 400 alunos do jardim de infância ao ensino médio. Outros relatos de testemunhas afirmam que o homem mascarado entrou em salas de aula.

"Este é um dos incidentes mais graves da história da Suécia", disse Thomas Fuxborg, porta-voz da polícia, segundo a agência de notícias Efe.

O primeiro-ministro sueco, Stefan Löfven, anunciou que suspendeu a sua ida ao Parlamento, prevista para esta quinta, para se deslocar a Trollhättan.

Berço da montadora Saab, a cidade industrial com 57 mil habitantes situa-se a uma hora de Göteborg, a segunda maior cidade da Suécia.

AS/lusa/ap/rtr/afp/efe

Leia mais