1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ataque com bomba mata mais de 30 na Nigéria

Explosão de bomba em Yola, no nordeste do país, deixa também mais de 80 pessoas feridas. Nenhum grupo assume autoria, mas atentado é semelhante aos do Boko Haram.

default

Soldados nigerianos durante uma operação de combate ao Boko Haram

Um ataque a bomba deixou ao menos 31 pessoas mortas e mais de 80 feridas nesta terça-feira (17/11) na cidade de Yola, nordeste na Nigéria, numa região onde o grupo extremista Boko Haram é ativo.

A bomba explodiu pouco depois das 20h na capital do estado de Adamawa, de cerca de 330 mil habitantes. De acordo a Agência Nacional de Emergência, 32 pessoas morreram no atentado.

A Cruz Vermelha, porém, afirma que o número de mortos é de 31. De acordo com autoridades, a maioria das vítimas eram vendedores e pedestres. A polícia local continua investigando se a bomba foi colocada em algum lugar ou se foi um ataque de homem-bomba.

O atentado ocorreu poucos dias depois de o presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, ter declarado que o Boko Haram estava prestes a ser derrotado.

Embora nenhuma organização terrorista tenha imediatamente reivindicado a autoria do atentado, as explosões levam a marca do Boko Haram. Nos últimos meses, os extremistas promoveram uma série de atentados em Yola.

O grupo extremista tenta estabelecer um califado no norte da Nigéria. A violência do Boko Haram e sua repressão pelas forças armadas nigerianas já causaram mais de 17 mil mortes desde 2009 e obrigaram quase 2,6 milhões de pessoas a abandonar suas casas. Os atentados dos jihadistas já deixaram mais de 2 mil mortos somente neste ano.

CN/dpa/ap/lusa

Leia mais