1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ataque a tiros mata ao menos 12 em prédio da Marinha dos EUA

Três homens abriram fogo dentro de um prédio militar em Washington. Um deles está entre os mortos e seria um militar que trabalhava no local.

Três homens abriram fogo dentro de um dos edifícios mais antigos da Marinha dos Estados Unidos, na capital Washington, nesta segunda-feira (16/09). De acordo com a chefe de polícia Cathy Lanier, 12 pessoas morreram, incluindo um dos atiradores. O motivo do ataque ainda é desconhecido.

A polícia procura por dois outros homens que teriam participado da investida no Navy Yard, um centro de comando da Marinha em Washington. O presidente dos EUA, Barack Obama, afirmou que está de luto por mais um tiroteio e qualificou o ato de "covarde".

Testemunhas disseram que um homem atirou, de um piso superior, em direção à cafeteria. Outro atirava contra pessoas num corredor de outro andar. Não ficou claro se as testemunhas estavam descrevendo o mesmo atirador. O prédio, localizado em Washington, é uma instalação militar fortemente vigiada.

O ataque aconteceu a apenas uma curta distância da Casa Branca e do Capitólio, num antigo estaleiro onde se localiza a instalação militar da Marinha. Autoridades disseram que ao menos quatro pessoas ficaram feridas – três criticamente – no tiroteio, incluindo uma policial.

Autoridades identificaram o atirador morto como um funcionário da Marinha, cuja posição no trabalho havia sido alterada no início deste ano. Embora isso possa sugerir que o motivo era relacionado com o trabalho, autoridades não descartam nenhum pretexto, inclusive terrorismo.

O alvo do ataque é a sede do Naval Sea Systems Command, que compra, constrói e mantém navios, submarinos e sistemas de combate. Cerca de 3 mil pessoas, em sua maioria civis, trabalham no local.

FC/ap/afp

Leia mais