1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ataque a fábrica na França deixa um morto e vários feridos

Um corpo decapitado foi encontrado ao lado de uma bandeira islâmica após ataque a fábrica de gás próxima à cidade de Lyon, na França. Um suspeito foi preso.

Ao menos uma pessoa morreu e várias ficaram feridas nesta sexta-feira (26/06) num ataque contra uma fábrica de gás na cidade de Saint-Quentin-Fallavier, próximo a Lyon, no leste da França. O presidente François Hollande afirmou se tratar de um atentado terrorista.

Um suspeito teria lançado diversos artefatos explosivos contra tanques de gás, informaram investigadores. "Segundo informações preliminares, um ou vários indivíduos entraram na fábrica dentro de um veículo. Então, começou a explosão", disse uma fonte à agência de notícias AFP. Mais tarde a polícia afirmou que dois homens conduziram o ataque. Um deles foi detido. Ele já era conhecido da polícia.

Frankreich Google Street view

Vista aérea da fábrica

O corpo decapitado de um homem foi encontrado próximo à fábrica de gás, ao lado de uma bandeira islâmica. "Ainda não sabemos se o corpo foi transportado até o local", afirmou a fonte. "No local foi encontrada uma bandeira com inscrições em árabe." A cabeça do homem estava coberta de inscrições em árabe e presa nos portões da fábrica de gás.

Segundo a imprensa francesa, o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, está a caminho do local. Em entrevista coletiva, Hollande afirmou que o ataque foi de natureza terrorista porque um corpo foi encontrado decapitado e com inscrições.

O ataque ocorre seis meses depois de 17 pessoas terem morrido numa série de atentados em janeiro nos arredores de Paris e na capital francesa, onde foram assassinados editores e outros funcionários do jornal satírico Charlie Hebdo.

KG/afp/rtr/dpa

Leia mais