1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ataque a espada deixa um morto na Suécia

Homem mascarado avança contra pessoas na cafeteria de uma escola na cidade de Trollhättan, no sudoeste do país. Um professor é morto, e dois estudantes e outro docente são feridos.

Um professor morreu, e outras três pessoas ficaram feridas com gravidade num ataque com uma espada realizado por um homem mascarado numa escola de Trollhättan, no sudoeste da Suécia, nesta quinta-feira (22/10).

Os feridos, dois alunos de 11 e 15 anos e um professor, foram transportados para um hospital em Norra Älvsborg, assim como o autor do atentado, que foi ferido a tiros por policiais. Todos estão em estado grave. Os motivos do ataque ainda são desconhecidos.

O mascarado, de pouco mais de 20 anos, portava várias armas, incluindo uma espada, afirmou a polícia sueca. Testemunhas também disseram que o homem carregava uma espada.

"Quando nós o vimos, achamos que fosse uma brincadeira. Ele estava usando uma máscara e roupas pretas e carregava uma espada longa. Alguns estudantes quiseram tirar fotos com ele e pegar na espada", relatou um estudante não identificado à agência de notícias TT.

Schweden Fünf Verletzte bei Schwert-Angriff in einer Schule in Trollhättan

Policiais nas proximidades do local do ataque, em Trollhättan

Segundo as primeiras informações, o ataque aconteceu num café anexo à escola Kronan, que tem 400 alunos – do jardim de infância ao ensino médio.

"Este é um dos incidentes mais graves da história da Suécia", disse Thomas Fuxborg, porta-voz da polícia, segundo a agência de notícias Efe.

O primeiro-ministro sueco, Stefan Löfven, anunciou que suspende a sua ida ao Parlamento, prevista para esta quinta, para se deslocar a Trollhättan.

Berço da montadora Saab, a cidade industrial com 57 mil habitantes situa-se a uma hora de Göteborg, a segunda maior cidade da Suécia.

AS/lusa/ap/rtr/afp/efe

Leia mais