1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Assassino de estudante que interveio em assédio se diz arrependido

Caso provocou comoção na Alemanha no ano passado. Estudante foi morta ao tentar defender duas garotas que eram assediadas por um grupo de rapazes. Autor do crime pediu perdão à família da vítima.

default

Tugce A. foi morta por tentar defender duas garotas de assédio

O julgamento do responsável pela morte da estudante Tugce A. em novembro passado começou nesta sexta-feira (24/04) com uma confissão e um pedido de perdão do réu, de 18 anos.

"Estou muito arrependido do que fiz", disse Sanel M. diante do tribunal em Darmstadt. Ele admitiu ter dado "um tapa" na jovem, o que a fez cair no chão. "Eu jamais contei que ela fosse morrer", acrescentou. "Não posso sequer imaginar o sofrimento e dor que causei à família dela."

A promotoria acusa o jovem de lesão corporal seguida de morte. Ele agrediu Tugce A. em novembro do ano passado, no estacionamento de uma lanchonete na cidade de Offenbach.

Devido ao tapa, ela caiu e bateu com a cabeça no asfalto, sofrendo traumatismo craniano e entrando em coma. A agressão foi registrada por uma câmera de vigilância. No aniversário de 23 anos de Tugce, a família decidiu desligar os aparelhos que a mantinham viva, após ter sido constatada morte cerebral.

A morte da estudante provocou comoção em toda a Alemanha, especialmente pela coragem dela. Tugce Albayrak foi agredida depois de interceder para proteger duas garotas que eram assediadas por um grupo de rapazes do qual Sanel M. fazia parte.

MD/afp/dpa

Leia mais