1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Aspirantes ao título dependem dos centroavantes da seleção

Na temporada 2006/2007 da Bundesliga, os três principais aspirantes ao título – Schalke, Bremen e Stuttgart – dependem da forma dos três centroavantes da seleção alemã: Kevin Kuranyi, Miroslav Klose e Mario Gomez.

default

Mario Gomez, do Stuttgart: revelação da temporada

No último fim de semana, nenhum dos três principais artilheiros do campeonato alemão de 2006/2007 marcou gols. O Stuttgart empatou em 0 a 0 com o Hertha Berlim, o Werden Bremen cedeu um 2 a 2 ao lanterna Borussia Mönchengladbach e o Schalke perdeu em casa por 1 a 0 para o Bayer Leverkusen.

Esses resultados mostraram mais uma vez que a sorte dos aspirantes ao título está amarrada às chuteiras dos centroavantes da seleção alemã. Por isso, nesta temporada, é bem provável que o artilheiro venha de fato da equipe campeã, o que só aconteceu em 14 das 43 edições da Bundesliga até hoje.

Klose im Spiel Werder Bremen gegen Mainz

Miroslav Klose: apenas um gol até agora em 2007

No Bremen, onde Ivan Klasnic espera transplante de rins e Zidan foi vendido ao Mainz, toda a responsabilidade por marcar gols pesa sobre os ombros de Klose. Artilheiro da Copa 2006, ele marcou 10 gols no primeiro turno, mas apenas um em 2007.

A abstinência de Klose neste ano foi acompanha por três derrotas e um empate do Bremen, o que reduziu as chances de o "campeão de outono" também conquistar o título da temporada.

"Klose não tem autoconfiança, não está em forma e lhe falta segurança", diz o gerente do Bremen, Klaus Alofs. Em dúvida sobre seu futuro, o jogador apresenta visíveis sinais de estresse. Mesmo assim, desfruta do respeito da equipe por ser um batalhador e armar jogadas que levam perigo ao gol adversário.

Bundesliga Schalke 04 - Mainz 05 - Kuranyi

Kuranyi deu a volta por cima

O caso de Kuranyi é diferente. Cortado do elenco alemão que disputou o Mundial de 2006 em casa, ele passou por uma fase difícil – era constantemente vaiado pela torcida do Schalke. Ainda no primeiro turno desta temporada, mostrou um desempenho inconstante: errou muitos passes e marcou apenas dois gols.

Mas daí veio a virada. Devido a contusões dos colegas de ataque (Larsen, Asamoah, Lowenkrands), virou titular e já acumula 11 gols, o que contribuiu para a invencibilidade do Schalke em 13 partidas, antes da derrota do último fim de semana para o Leverkusen.

E Kuranyi voltou a marcar para a seleção alemã, em 7 de fevereiro contra a Suíça, quando teve como parceiro de ataque Mário Gomez, que estreou com um gol no escrete nacional. Marcador de gols do Stuttgart

Gomez é a revelação da atual temporada e a garantia de gols do Stuttgart, que encanta por um futebol ofensivo e ocupa a vice-liderança do campeonato. Na sua ausência, a equipe conseguiu marcar apenas três vezes. "Mario tem uma grande participação no nosso sucesso, mas ele depende da forma como é servido pelos colegas Cacau ou Streller", diz o gerente do Stuttgart, Horst Heldt.

A história da Bundesliga mostra que é perigoso depender apenas de um centroavante. Em 1994, o Eintracht Frankfurt tinha tudo para se tornar campeão, graças aos gols de Anthony Yeboah.

No entanto, uma contusão no joelho do centroavante ganense acabou com o sonho do título. O "campeão de outono" terminou a temporada em quinto lugar. Exatamente esta seria a posição do Stuttgart sem os 13 gols de Mario Gomez.

Leia mais